VISTORIA - 11/01/2019 - 16:38

Defesa Civil realiza inspeção no Hotel Palace



A Defesa Civil Municipal, órgão ligado à Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec) realizou nesta sexta-feira (11), uma inspeção no antigo Hotel Palace, interditado pelo Tribunal de Justiça (TJ/SE) desde maio do ano passado por apresentar fortes indícios de problemas na estrutura física, colocando em risco a vida de pessoas que transitam pelo local.

A vistoria se deve a uma requisição do TJ/SE, através da Procuradoria Geral do Município, para fiscalizar as obras de recuperação. “Nós estamos acompanhando os procedimentos para informar ao poder judiciário. A obra busca recuperar a parte elétrica e estrutural do prédio, além de criar medidas contra incêndio e pânico. O que está sendo feito agora é o envio de documentação aos órgãos competentes, com o intuito de obter as autorizações e posteriormente começar a execução do projeto”, explica o coordenador da Defesa Civil, major Silvio Prado.

O projeto da reforma foi analisado pelo grupo técnico da Defesa Civil, que repassou informações à síndica sobre as etapas e o processo para obtenção da autorização junto aos órgãos públicos, além de vistoriar todo o prédio.  Ainda segundo o major Silvio Prado, o cronograma de reparações está sendo seguido.

Outras inspeções dependerão de nova requisição judicial. Ainda assim, foi feito um acordo para que a Defesa Civil siga o andamento do projeto, uma vez que o local faz parte do patrimônio histórico de Sergipe e precisa ser resguardado.

Entenda

A pedido do Ministério Público Estadual, determinou a interdição imediata do prédio, alegando fortes indícios de problemas na estrutura física, colocando em risco a vida de pessoas que transitam pelo local. Também havia sido determinada a retirada de todos os vendedores ambulantes que lá se encontram, em quaisquer dos andares e do térreo.

A sentença estabelece que se promovam as necessárias obras de reforma e revitalização do edifício, com as pertinentes reformas de estrutura, tais quais: correção das rachaduras no concreto, nas vigas de madeira apodrecidas; equipação contra risco de incêndio; isolamento de toda fiação elétrica exposta; restauração da marquise e das estruturas externas, janelas e esquadrias que ainda ameaçam a cair; além da apresentação do atestado de regularidade a ser expedido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe.

Crea-SE

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) concluiu o laudo técnico sobre as condições físicas do Hotel Palace. O presidente do Conselho, engenheiro agrônomo Arício Resende Silva, levou o resultado do parecer ao MPE. Em audiência no último dia 23 de maio, no Tribunal de Contas (TCE), ele afirmou que não havia alternativa para o antigo Hotel Palace, senão a interdição.