TRÁGICO - 19/05/2017 - 14:58

Atiradores tentam executar filho e acabam matando a mãe



 

Da redação, AJN1

Uma mulher de 50 anos foi assassinada em uma residência no bairro Piabeta, mas o verdadeiro alvo da investida seria o filho da vítima. O caso, registrado na noite da última quarta-feira (17), chocou os moradores da cidade de Nossa Senhora de Socorro. Toda cena foi reproduzida diante de uma criança, além de um cachorro ter sido morto durante a ação.

De acordo com investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção e Proteção a Pessoa (DHPP), as circunstâncias da morte de Sônia Santos Silva de Andrade estão sendo averiguadas. As primeiras informações sugerem que na noite de quarta-feira, dois homens chegaram a residência num carro marca/modelo VW Gol.

Os criminosos, segundo a polícia, teriam invadido a casa à procura do filho da vítima. Eles ainda trocaram tiros e uma das balas atingiu em cheio Sônia Santos, que morreu no local antes da chegada do socorro. No confronto, o filho da vítima e um dos suspeitos também ficaram feridos.

O criminoso, com a ajuda de um comparsa, empreendeu fuga, enquanto o rapaz foi socorrido e levado para o Hospital Governador João Alves Filho (HGJAF). Ainda durante a ação, o cachorro da família foi baleado e morreu. Já a criança que presenciou toda a cena, por sorte, não ficou ferida.

Após a conclusão da perícia técnica, o corpo de Sônia Santos foi resgatado pelo Instituto Médico Legal (IML).

Lnhas de investigação

A intenção dos atiradores seria matar o filho de Sônia Santos, num “acerto de contas”, atrelado ao tráfico de entorpecentes, afirma a polícia. Não foram encontrados índicos de que a vítima tenha envolvimento no crime, embora essa possibilidade não esteja descartada. O jovem, verdadeiro alvo dos atiradores, seria ex-presidiário e não teve a identidade divulgada pela polícia.

 

Com informações do jornalista Rafael Heleno, do Correio de Sergipe