PISTAS - 11/01/2018 - 15:14

Carro de sargento assassinado é localizado em Socorro



Da redação, AJN1

A Polícia Militar (PM) localizou, no Loteamento Novo Horizonte, município de Nossa Senhora do Socorro, o veículo do sargento Gilson Alves de Souza, 46 anos, assassinado em assalto realizado na manhã dessa quinta-feira (11), no bairro Veneza, na capital sergipana. A pistola ponto 40, pertencente ao sargento, ainda não foi localizada.

Informações preliminares dão conta de que o militar se encontrava na porta de sua casa, de saída para o serviço, quando foi surpreendido e alvejado por dois criminosos, os quais fugiram em seguida.

Familiares o conduziram ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) com vida, sendo transferido para a Ala Vermelha devido à gravidade do caso. Segundo a assessoria de Comunicação do Huse, na unidade crítica, o paciente foi submetido a uma drenagem no tórax, retirando de imediato 1.200 ml de secreção após a primeira avaliação.

“Em seguida foi tentada uma manobra de reanimação cardiopulmonar (RCP) para garantir a oxigenação dos órgãos, atividade que durou 30 minutos, mas, sem sucesso. O projetil atingiu uma região do pescoço de grandes vasos sanguíneos, de modo que o policial não resistiu e foi a óbito minutos depois.”

Doação de córneas

Ainda segundo a assessoria, a família autorizou a doação das córneas do ente. O corpo foi encaminhado para o necrotério do hospital para captação dos órgãos e em seguida encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), por se tratar de morte violenta.

Velório

O corpo do combatente será velado a partir das 17h, na Igreja Adventista, localizada na Rua B do Conjunto Veneza I, próximo à residência da família. E o enterro está previsto para esta sexta-feira (12), às 10h, no Cemitério da Cruz Vermelha, situado no Bairro Getúlio Vargas.

Reserva

Com 28 anos de serviços prestados à Corporação, o sargento atualmente servia na 1ª Companhia Independente. Segundo informou a PM, Gilson estava na iminência de entrar para a reserva da Corporação e havia conquistado a patente de sargento há pouco tempo. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV).

Nota de Pesar

A Polícia Militar emitiu nota de pesar pela morte do sargento. “A Corporação encontra-se profundamente enlutada com a perda inestimável de um guerreiro prestes a se aposentar. O militar, partiu de forma inesperada, mas deixa a marca de um grande homem e um excelente profissional, que sempre atuou em defesa da sociedade sergipana. À família enlutada apresentamos nossos sentimentos de solidariedade e respeito.”