PERDA - 10/01/2019 - 07:15

Cope investiga execução de sargento durante assalto

Foto: Reprodução/Rede Social

 

Da redação, AJN1

Equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) estão mobilizadas para prender os dois homens que assaltaram um mercadinho e mataram a tiros o sargento Ronaldo Bispo Santos, 54, que era da reserva remunerada e atualmente trabalhava no Batalhão Especial de Segurança Patrimonial (Besp). O crime aconteceu no final da tarde desta quinta-feira (9), no povoado Nova Descoberta, em Itaporanga D’Ajuda. O corpo do militar esta sendo velado na residência de familiares no povoado e o sepultamento está previsto para acontecer às 16h no cemitério do município.

O assassinato foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento comercial e devem auxilar nas investigações e na identificação dos criminosos. Nas imagens aparecem os dois assaltantes, que usavam bonés para encobrir os rostos, rendendo os funcionários e recolhendo dinheiro e mercadorias. O roubo ainda está em andamento, quando o sargento chega ao local para comprar um botijão de gás.

Ronaldo ainda está no carro, quando a dupla sai do mercadinho e se divide na fuga. Como se reconhecesse a vítima, o homem que usa boné azul e camisa de cor branca, saca a arma e vai em direção ao militar. Em seguida efetua seis disparos a queima-roupa. Mesmo ferido, Ronaldo consegue pegar o revólver e atirar contra o criminoso, que chega a cair e derrubar o revólver, mas consegue escapar em um Focus de cor preta. Existe a suspeita que o assaltante foi baleado.

Após a fuga dos desconhecidos, funcionários tentam ajudar a vítima, que foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do sargento foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Aracaju, onde foi necropsiado e liberado para o sepultamento.

O delegado-geral interino, Jonathas Evangelista, garantiu total empenho por parte da Polícia Civil para esclarecer o fato o quanto antes. Imagens do circuito interno de TV foram divulgadas e também fotos dos suspeitos. Desde ontem, que equipes de policiais realizam diligências na região na tentativa de localizar os assaltantes. Qualquer informação pode ser repassada a polícia através do número 181 (Disque Denúncia).