SERÁ? - 27/04/2018 - 16:28

Coreias se comprometem a agir para conseguir “paz”

Foto: Reprodução Reuters TV

Nesta sexta-feira (27), as duas Coreias (do Norte e do Sul) se comprometeram a cooperar para estabelecer uma “paz permanente” na península e abrir conversas com os Estados Unidos, com o objetivo de assinar um tratado de paz definitivo que substitua as hostilidades entre Pyongyang e Seul.

“O Norte e o Sul vão cooperar ativamente para estabelecer um sistema de paz permanente e estável na Península Coreana”, diz a declaração conjunta assinada pelo líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, ao final da histórica cúpula realizada hoje na fronteira militarizada.

O líder norte-coreano Kim Jong-un afirmou que se esforçará para cumprir “o que está escrito na declaração” conjunta, onde os dois países concordaram em buscar a desnuclearização.

“Moon e eu nos esforçaremos para conseguir a paz na península e para cumprir o escrito na declaração”, disse Kim.

O presidente sul-coreano anunciou uma visita a Pyongyang, a capital norte-coreana, no próximo outono, para manter a fase de aproximação aberta entre os dois países, tecnicamente ainda em guerra.