ESTATÍSTICA - 14/09/2018 - 08:00

Dados do Setransp apontam queda de 50% nos casos de roubo a ônibus

Foto: Arquivo

 

Levantamentos realizados pelo Sindicado das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) apontam que no mês passado houve uma redução de 54,55% nos registros de assaltos a ônibus, se comparado com o mesmo período de 2017, que já apresentava queda em relação ao ano anterior. Comparando os anos de 2016 e 2018, a redução chega a 66,10%.

Para dar conta de uma frota de mais de 490 ônibus que atendem não só Aracaju, mas boa parte da região metropolitana, englobando os municípios de São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro e Barra dos Coqueiros, foi necessário envolver mais do que força de segurança. A inteligência e o estudo foram fundamentais para avaliar o cenário encontrado no início da gestão e preparar a cidade para retomar os moldes da qualidade de vida que preza, entre outros pontos, pela segurança da população.

Com o trabalho da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), em conjunto com o Setransp e o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Aracaju (Sinttra), foi realizado um levantamento focado na violência no transporte público de Aracaju e, com base nos número e estatísticas, foi possível chegar ao perfil (horário, tipo e local das ocorrências) para, assim, realizar um trabalho efetivo.

“Não adiantaria simplesmente colocar os guardas na rua sem saber qual a melhor maneira de atuar. Para lidar com a segurança é preciso ter estratégia e estratégia demanda estudo de causa, e foi justamente o que fizemos. Com os esforços empregados, sobretudo na melhoria do transporte público que, inclusive foi uma das orientações do prefeito Edvaldo Nogueira, conseguimos reduzir, gradativamente, os assaltos a ônibus na cidade”, afirmou o diretor-geral da GMA, subinspetor Fernando Mendonça.

Terminal Seguro

Uma das ações mais contundentes foi a “Terminal Seguro”. Iniciada no mês de fevereiro de 2017, a operação atua estrategicamente em horários e locais onde mais acontecem os assaltos – dados identificados após a análise realizada pela Coordenadoria de Estatística (Coest) da GMA e os sindicatos. Além disso, informações sobre os tipos de crimes mais cometidos contra os usuários do transporte coletivo também são levantadas, colaborando com o planejamento da Guarda para a contenção dos casos.

“É válido ressaltar que a redução dos números das ocorrências não faz com que a atuação da Guarda diminua, pelo contrário. Justamente por saber que o saldo positivo vem crescendo é que reforçamos ainda mais os trabalhos porque a nossa intenção é chegar próximo do número zero de assaltos. É claro que contamos com a interação das demais forças policiais do Estado para auxiliar na prevenção. O trabalho integrado com a força da Segurança Pública tem sido fundamental”, reforçou Mendonça.

Informações

A população pode colaborar com o trabalho da GMA realizando denúncias de ocorrências em áreas espaços públicas através do telefone 153 ou pelo número do Whatsapp (79) 98166-7790. Através deste último, os cidadãos podem enviar mensagens de texto, fotos, vídeos e áudios que ajudem a descrever o local e os suspeitos. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

Fonte: PMA