TOLERÂNCIA ZERO - 09/07/2018 - 07:02

Doze motoristas são autuados em flagrante durante ‘Operação Lei Seca’

Foto: Divulgação/PM

 

Da redação, AJN1

Durante o final de semana a Polícia Militar fechou o cerco aos condutores que ignoram a lei e costumam beber e dirigir. Em vários pontos da capital foram montados pontos de blitze da “Operação Lei Seca”, que teve como objetivo reduzir os índices de acidentes no trânsito e aumentar a percepção de segurança nas ruas da  capital. Entre a sexta-feira (6) e o domingo (8) foram realizados 712 testes com o etilômetro, com 98 motoristas sendo autuados por embriaguez ao volante e 12 deles acabaram presos em flagrante. Além disso, 193 condutores foram multados, 23 veículos foram removidos aos pátios do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Foi lavrado ainda um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e ocorreram duas prisões, sendo uma por desobediência e outra por quebra de liberdade condicional.

Uma das prisões por embriaguez ao volante aconteceu por volta das 21h do domingo (8) no ponto de blitz montado pela Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran) na avenida Heráclito Rollemberg no bairro Farolândia, na zona sul de Aracaju. Os militares faziam a fiscalização dos veículos e pararam uma pick up Amarok de cor branca. Ao abordar o motorista, ele se apresentou um nome falso, mas não portava documentos.

A equipe da CPTran realizou uma pesquisa no sistema com o nome indicado e descobriu a fraude. O condutor foi submetido a teste do bafômetro, ficando comprovado que a ingestão de álcool. O acusado foi preso e encaminhado até a Delegacia Plantonista Sul, onde foi autuado em flagrante. Já o veículo, que estava com o licenciamento vencido foi removido para o pátio do Detran. Ainda na avenida Heráclito Rollemberg, os militares da CPTran efetuaram outras quatro prisões, cujos condutores pagaram fiança de R$ 1 mil e foram colocados em liberdade.

Na praça Franklin Rosevelt no bairro América, na zona oeste da capital, um homem foi abordado aos ser flagrado conduzindo uma moto sem os equipamentos de segurança obrigatório. O motociclista foi submetido ao teste do etilômetro e ficou constatado o consumo de álcool. Ao revistar o suspeito, os militares apreenderam uma cápsula plástica com cocaína. Ele foi encaminhado até a Plantonista e autuado por embriaguez ao volante e por de substância entorpecente.