ATRASO - 28/09/2018 - 16:51

Governo não sabe quando vai terminar a obra da rodovia que liga Itabaiana a Itaporanga

Foto: ASN

Da redação, AJN1
Há exatos quatro anos e três meses, o então governador Jackson Barreto (MDB) assinava ordem de serviço para a execução das obras da rodovia SE-255, que ligará os municípios de Itabaiana e Itaporanga. Com 52 km de extensão e orçada em R$ 58 milhões, fruto de recursos provenientes do Programa de Apoio ao Investimento nos Estados (Proinveste), ela é primeira via direta entre as BR’s 235 e 101.
Após mais de 1460 dias, os serviços patinam em piçarras e não têm data para conclusão. Nem mesmo a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), executores da obra, sabem precisar um prazo definitivo para a inauguração.
A AJN1 procurou o assessor de Comunicação da Seinfra, José Castilho, para saber quando a obra será finalizada, mas ele, de forma rasa, limitou-se apenas a dizer que não sabe e enviou uma nota atualizando o andamento da construção que, aliás, esteve longamente paralisada por motivos diversos.
“A obra teve paralisações por conta de dificuldades na conclusão dos processos de indenizações e desapropriações de alguns imóveis, que ocasionaram no ajuizamento de ações civis. Também foram fatores preponderantes, o longo período chuvoso em 2016 e, principalmente, em 2017, a complexidade na liberação de licença do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), uma vez que a rodovia faz confluência com o Parque Nacional Serra de Itabaiana, e ainda o remanejamento de adutoras da Deso e da Cohidro, da rede elétrica da Energisa e de operadoras de telefonia”, diz um trecho da nota.
Neste momento, segundo a Seinfra, a rodovia tem apenas 16 km asfaltados em trechos dos povoados de Areia Branca, Itabaiana e Itaporanga D’ajuda. “De modo que, nas próximas semanas, dos 52 km da rodovia, 24 km de asfalto estará concluído. Atualmente, está sendo aplicada a primeira camada asfáltica em um trecho nas proximidades com a bifurcação com a BR 235 no povoado Rio das Pedras, e, 75 profissionais executam a aplicação de camadas de base, sub-base, compactação e regularização em trechos dos povoados São José e Pedreira para, posteriormente, fazer a imprimação e, por conseguinte, a camada asfáltica”, completa a nota.