BAIXA - 16/05/2018 - 07:24

Gustinho Ribeiro deixa base do Governo

Foto: Arquivo/Alese

 

O deputado Gustinho Ribeiro (SD) não faz mais parte da base de apoio do governador Belivaldo Chagas e embarcou no projeto da oposição que apresenta nesta sexta-feira (18) em coletiva à imprensa os nomes do senador Eduardo Amorim (PSDB) para disputa do Governo; e do deputado federal André Moura (PSC) ao Senado. O comunicado foi feito da tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). “Estamos definidos não só aqui dentro do Parlamento, mas como do ponto de vista político-eleitoral de caminharmos junto com a oposição, liderada pelo deputado André Moura e pelo senador Eduardo Amorim”, anunciou.

O parlamentar ressaltou que se sentiu no dever de fazer o anúncio para que todas as pessoas que seguem e admiram o projeto, tenham conhecimento da decisão, de forma transparente. “A sociedade tem exigido cada vez mais transparência e uma forma sincera de dialogar com a sociedade. Faço questão de fazer esse comunicado aqui na tribuna como um ato de respeito à sociedade sergipana e às forças políticas, fazendo um anúncio da nossa saída do bloco do Governo e entrada no bloco de oposição. Faço isso de forma serena e muito tranquila”.

Gustinho Ribeiro lembrou que deu apoio ao Governo desde a gestão Marcelo Déda, quando chegou a ser líder na Casa. “Apoiei e dei sustentação ao Governo Jackson Barreto, mas neste momento se impõe a realidade política e não será possível a nossa permanência no bloco que dá sustentação ao Governo por entendermos que neste momento se faz importante, um sopro de renovação nos quadros políticos do nosso Estado”, justifica.

O deputado disse ainda ter uma boa relação com todos e que a decisão foi tomada após ter ouvido os aliados e lideranças. “Em conversa com as nossas lideranças e todo o nosso agrupamento, percebi que chegou o momento de uma transformação e renovação para construir junto com o bloco de oposição, para que possamos avançar quanto ao que foi feito com o projeto do saudoso Marcelo Déda. É preciso avançar e construir as mudanças que a gente precisa”, enfatiza.

*Com informações da Agência Alese