BALANÇO - 15/02/2018 - 06:57

Instituto Médico Legal registra nove mortes violentas em 24h

Foto: Arquivo

 

Da redação, AJN1

Nove mortes violentas foram registradas em Sergipe nas últimas 24h pelo Instituto Médico Legal (IML). Foram sete por homicídios; uma por queda da própria altura e outra por queda de andaime. Na zona norte de Aracaju, Felipe Nunes dos Santos, o “Felipinho”, 19, trocou tiros com policiais e acabou morto, depois de receber atendimento médico no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

A ação que envolveu as equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) e Grupamento Tático Aéreo (GTA) aconteceu na tarde desta quarta-feira (14), no bairro Soledade e tinha como foco o combate ao tráfico de drogas na localidade. A informação é que os policiais da Radiopatrulha realizavam buscas na área, quando tentaram abordar o suspeito, que armado com uma pistola Glock, calibre ponto 40, recebeu os militares a bala.

Houve o confronto e Felipe acabou baleado, mas não resistiu aos ferimentos. Além da pistola, os policiais apreenderam maconha e um veículo que estava em poder do acusado. Já no bairro Industrial, André Xavier dos Santos, 22, e José Marcos Monteiro da Silva, 20, reagiram a abordagem policial e na troca de tiros acabaram feridos e morreram depois de dar entrada no Huse.

Outras mortes

Em Nossa Senhora do Socorro, a equipe do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) investiga o assassinato de Roniclessio Silva Andrade, 23. Ele foi executado a tiros no interior da casa onde morava no loteamento Santa Cecília.

Já em São Domingos, Gleidson Santos da Paz, 27, foi alvejado a tiros e morreu no Huse, em Aracaju. Na cidade de Divina Pastora, Carlos Henrique Mota Santos, 23, foi morto a tiros. Outro homicídio aconteceu em Santa Rosa de Lima e a vítima permanece sem identificação no IML.