CONFRONTO - 11/06/2018 - 09:26

Irmãos acusados de latrocínio morrem em confronto com a polícia



 

Da redação, AJN1

Os irmãos Antônio, o “Tutu”, e Anderson da Silva Batista, o “Tá”, com 18 e 15 anos, respectivamente foram mortos depois de uma troca de tiros com a polícia. A ação, que envolveu as equipes da Delegacia de Tobias Barreto e do 11º Batalhão da Polícia Militar (BPM), aconteceu na manhã deste domingo (10) no povoado Terra Vermelha em Poço Verde. Durante o confronto um policial foi baleado na perna, mas sem gravidade. Com a dupla, que é suspeita de envolvimento em atos infracionais relacionados a homicídios, roubos e latrocínios, foram apreendidos dois revólveres, sendo um calibre 38 e outro calibre 32; e drogas. Dois homens, um deles adolescente, foram detidos e encaminhados à Delegacia Regional de Tobias Barreto.

A operação conjunta tinha como foco a apreensão dos dois irmãos, que eram acusados de praticar um latrocínio na noite do sábado (9). O fato aconteceu no povoado Bom Jardim, em Poço Verde. A informação é que os suspeitos invadiram a casa do marchante Manoel Messias dos Reis, 49, e depois de praticar o assalto executaram a vítima a tiros. Após ocorrido, a polícia foi acionada e iniciou as buscas na tentativa de prender os criminosos. “Passamos a realizar diligências para identificar os autores do latrocínio e chegamos aos irmãos ‘Tá’ e ‘Tutu’, que têm uma ficha criminal extensa e já são conhecidos pela polícia local”, explicou o delegado Fábio Alan Pimentel.

Durante a abordagem dos irmãos no povoado Terra Vermelha, eles reagiram e atiraram contra os policiais. Houve o revide e no confronto os dois acabaram feridos. Um policial que participava da operação também foi alvejado. Os feridos foram encaminhados ao hospital local, mas não resistiram e foram a óbito. Já o policial foi medicado e depois liberado. Na operação, um adolescente foi apreendido por tráfico de drogas e outro homem acabou detido sob acusação de dar cobertura aos acusados. Duas armas também foram apreendidas.