PROTESTO - 14/05/2018 - 18:00

Médicos de 13 especialidades do Huse paralisam por 24h

Foto: Ascom/Sindmed

Da redação, AJN1

Médicos de 13 especialidades que trabalham no Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) vão paralisar suas atividades nesta terça-feira (14), por 24h. A categoria fará um ato público a partir das 7h, em frente ao maior hospital público do Estado, com o objetivo de cobrar do Governo a apresentação de um estudo sobre isonomia salarial, isto é, uma planilha que equipare os salários em relação aos cirurgiões geral e oncológicos, que recebem R$10 mil a mais.

As especialidades que cobram equipração salarial são: cirurgiões plásticos, oncologistas pediátricos, oncologistas clínicos, onco-hematologistas, neurologistas, clínicos gerais, neurocirurgiões, nefrologistas, anestesistas, radioterapeutas, infectologistas, médicos plantonistas das UTIs e cirurgiões oncológicos estatutários.

A categoria alega que já se reuniu com o Governo por diversas vezes, mas não obtém resposta concreta. “Os gestores vêm empurrando o problema com a barriga e os médicos só obtêm promessas”, diz a assessoria de Comunicação.

Greve

Há ainda a possibilidade de uma greve por tempo indeterminado. “Os médicos, de forma muito prudente, e pensando na população, vêm tentado não entrar em greve, apesar das pautas das assembleias que têm sido realizadas pelos especialistas. Porém, nesta terça-feira, será realizada outra assembleia e, dessa vez, não está descartada a possibilidade de uma paralisação por tempo indeterminado”.