INVESTIGAÇÃO - 06/02/2018 - 10:48

Motorista de parlamentar sergipano é preso em operação no DF

Foto: Agência Brasil

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou hoje (6) a Operação Delivery. A ação, segundo a corporação, acontece após um ano de investigação que apura o tráfico de drogas na região central de Brasília e visa cumprir 28 mandados de prisão temporária e 35 de busca e apreensão.

A informação é que 23 pessoas foram presas, entre elas uma estagiária do setor de combate ao tráfico de drogas do Ministério Público Federal (MPF) – atuava como conselheira jurídica do grupo criminoso – e o assessor parlamentar Daniel Lourival Azevedo, que trabalhava como motorista do deputado federal Valadares Filho (PSB/SE). Já foram apreendidos 3 kg de haxixe e 1,5 kg de cocaína.

De acordo com a Polícia Civil as investigações apontaram que, os traficantes vendiam drogas, principalmente cocaína, para servidores públicos e pessoas de alta renda que trabalham na Esplanada dos Ministérios. A entrega de drogas era realizada, inclusive, em órgãos públicos federais e do Distrito Federal.

Em nota divulgada, a assessoria do parlamentar explica que ao tomar conhecimento do ocorrido, o deputado Valadares Filho determinou a exoneração imediata de Daniel. Além disso, esclarece que a relação que mantinha com ele era apenas profissional e que o deputado desconhecia qualquer comportamento ilícito do servidor.

*Com informações Agência Brasil