DESCONTROLE - 12/05/2018 - 09:12

Mulher é atingida por tiro de raspão desferido supostamente pela GMA

Foto: MST

 

Uma mulher identificada como Natanele dos Santos, de 23 anos, foi atingida por um tiro de raspão por volta das 21h dessa sexta-feira (11). A vítima é integrante da “Ocupação Marielle e Anderson”, situada em um terreno abandonado no bairro Coroa do Meio, Zona Sul de Aracaju.

De acordo com os ocupantes, o tiro foi desferido por um guarda municipal, durante uma abordagem a um veículo com cinco suspeitos. Nele, foram encontrados certa quantidade de maconha e cocaína, o que levou a GMA a efetuar a prisão dos suspeitos. Ao notar que eles seriam presos, dezenas de pessoas da ocupação começaram a atirar pedras e pedaços de madeira.

Em nota à imprensa, a Prefeitura de Aracaju nega que o tiro tenha sido deflagrado pelo guarda e que foram efetuados disparos de contenção para o alto, com o propósito de afastar a turba e abrir caminho para a condução dos suspeitos à delegacia.

“Não há ainda nenhuma confirmação de que o ferimento na vítima Natanele dos Santos tenha sido causado por projétil de arma de fogo disparado por algum integrante da corporação, porém a direção da Guarda Municipal já recolheu as armas dos guardiões envolvidos no evento para a realização de perícia.”

Ainda segundo a Prefeitura, Natanele se encontra bem. “Foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento Fernando Franco. O ferimento foi superficial, na pele. Ela foi encaminhada para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) porque, o cirurgião avaliou que ela deveria passar por uma consulta com um cirurgião torácico. A paciente deixou a UPA sem queixa de dor”.

Três dos cinco homens foram detidos pela Guarda e levados para a delegacia plantonista sul, no conjunto Augusto Franco. Todos apresentam passagens pela Polícia pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, roubo e tráfico de drogas. Os outros dois foram liberados, pois não tinham ligação com as drogas encontradas.