DOMINADO - 08/11/2018 - 11:21

Preso se rebela e causa tumulto em delegacia do interior

Foto: Divulgação/SSP

 

Da redação, AJN1

Depois de ser preso acusado de roubar aparelhos celulares, o ex-presidiário Alceu Eloi Ramos Neto, 20, que estava em liberdade há oito meses, se rebelou e arrombou a porta de uma das salas da delegacia de Umbaúba. Ele ainda conseguir se apossar de armas brancas e fez ameaças as pessoas e policiais que estavam na unidade. O fato aconteceu na tarde desta quarta-feira (7) e a situação só foi contornada com a chegada da equipe do Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb), que negociou a rendição e conseguiu dominar o acusado.

A informação da Secretaria de Segurança Pública (SSP) é que, simulando estar armado, Alceu praticou uma série de assaltos em Umbaúba. O alvo do acusado eram aparelhos celulares. Uma das vítimas acionou a polícia e a equipe da Delegacia do município passou a realizar buscas, chegando a identificação e prisão do ex-presidiário, que foi localizado em casa. Com a prisão, os policiais recuperaram vários aparelhos celulares e apreenderam uma moto utilizada nos roubos.

Alceu foi conduzido até a unidade onde foi interrogado e, mesmo estando algemado, se aproveitou do momento em que ficou só na Sala de Custódia para se soltar e arrombar arrombar a porta. O ex-presidiário se apossou de armas brancas que estavam apreendidas na delegacia e, na tentativa de fugir, passou a ameaçar ameaçar policiais. Foi solicitado reforço e a equipe tática do Gerb se deslocou até Umbaúba. Depois de alguns minutos de negociação, Alceu acabou se entregando.

O delegado Paulo Cristiano informou que o acusado será ouvido nesta quinta-feira (8), quando também será representada a sua prisão preventiva. Alceu vai responder pelos crimes de roubo, desacato, resistência, dano qualificado e ameaça. A família do preso se comprometeu em cobrir os danos materiais causados. O ex-presidiário já responde a processos por tentativa de homicídio contra a mãe, desacato e tentativa de homicídio contra militares, disparo acidental e violência doméstica.