REVIRAVOLTA - 14/05/2019 - 20:57

Preso suspeito de matar companheira a marretadas



 

Da redação, AJN1

Com prisão temporária decretada, Victor Aragão, que é companheiro da consultora de vendas Ana Paula Jesus dos Santos, 26, que foi morta a golpes de marreta, foi detido na tarde desta terça-feira (14), após prestar depoimento no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ele figura como principal suspeito da autoria do crime ocorrido na madrugada do sábado (11) na residência do casal no conjunto Dom Pedro I, em Aracaju. O caso passou a ser tratado como feminicídio.

De acordo com a delegada Luciana Pereira, que preside as investigações, foram encontradas contradições entre o depoimento do acusado com o de testemunhas que foram ouvidas. Além disso, o laudo da perícia realizada no local do crime vai de encontro a fatos relatados por Victor, a exemplo da posição de Ana Paula no momento em que foi atingida pelos golpes de marreta.

Com base no laudo, a polícia praticamente descartou a presença de uma terceira pessoa na cena do crime, situação que indica que apenas Victor e a vítima estavam no local. “Isso nos leva a crer que o autor da morte tenha sido ele. Algumas testemunhas e familiares disseram que Ana Paula pensava em se separar, mas ele nega. Temos contradições nos autos que precisamos ainda diligenciar”, explicou a delegada Luciana Pereira.

A delegada ressaltou que ainda aguarda o resultado de outros lados e o resultado da perícia no aparelho celular da vítima. Outras testemunhas ainda devem ser ouvidas até a conclusão do inquérito. “Pelos que temos até o momento, o acusado seria indiciado pelo crime de feminicídio”, revelou Luciana Pereira.