- 06/08/2018 - 11:02

‘Ravnir – O Enigma da Guerra’ é lançado em Aracaju

Foto: Divulgação/Segrase

 

‘Ravnir – O Enigma da Guerra’, é a nova obra publicada pela Editora Oficial do Estado de Sergipe – Edise. O livro do jovem autor Breno Ilan, 28 anos, apresenta ao leitor o mundo fictício de Nebrária, onde existiam cinco grandes continentes. O lançamento da publicação acontece às 19h desta terça-feira (7), na Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Fanese), no bairro Industrial, Aracaju.

Ravnir, situado no extremo leste do continente Norte, considerado um dos grandes impérios desse continente, tinha muitas conquistas, relíquias e territórios, além de grandes áreas de exploração. Ravnir e outros quatro impérios viveram em guerra a maior parte do tempo. Após a segunda grande guerra, um Tratado de Paz foi assinado, porém, nenhum dos impérios confiava plenamente no outro. O tratado evitava que a guerra acontecesse, mas muitas outras coisas acabavam acontecendo. A obra que tem uma história envolvente está disponível para compra na Segrase, na plataforma Amazon pelo sistema de publicação independente via E-book e na Livraria Escariz.

De acordo com Breno Ilan, o E-book é uma forma de todos terem acesso ao livro antes do lançamento impresso. “Busquei facilitar o acesso em outra plataforma para que as pessoas pudessem ler antes do lançamento. Foi à maneira que encontrei para diminuir a ansiedade de todos que querem saber o que apresento no livro, uma espécie de spoiler”, contou. Criativo e entusiasmado Breno Ilan, não se conteve apenas em escrever a obra, criou capa de seu livro e diagramou o texto.

Autor

Breno Ilan começou a escrever nas horas livres como hobby, e assim despertou um talento até então desconhecido por ele, criar histórias fictícias. Nos confidenciou que ninguém ao seu redor dava crédito ao que ele escrevia, mas ainda assim, não desistiu. “Disponibilizei a obra na plataforma da Amazon, no sistema de publicação independente e para minha surpresa ultrapassei em números de acesso o livro Harry Potter, cheguei ao Top 1, então, fiquei confiante e decidi preencher quatro formulários para as editoras Novo Século, Rocco, Vênus e Leya e assim, submeter meu trabalho para análise. Fiquei sem acreditar quando recebi sinal positivo das quatro editoras, todas interessadas em publicar minha história”, relatou.

Como a distância das grandes editoras é grande, Breno Ilan deu preferência a Edise. “Com a Edise o contato é pessoal, com as outras editoras seria impessoal, apenas por telefone e e-mail e aqui eu também tive a liberdade de editar meu livro, além disso, preferi dar crédito a uma editora da minha terra (ele é sergipano)”.
Para o presidente da Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe -Segrase, Ricardo Roriz essa publicação é motivo de orgulho para a Edise. “Breno, além de inteligente, é um grande profissional. Apesar de ter recebido proposta de outras editoras, nos escolheu para publicar sua primeira obra”, pontuou.

Fonte: Ascom Segrase