POSIÇÃO CONTRÁRIA - 07/01/2019 - 17:07

Sindimed rechaça terceirização dos serviços do Nestor Piva

Da redação, AJN1

O Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) não vê com bons olhos a iniciativa da Prefeitura de Aracaju de entregar, via contrato emergencial, a administração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva, situado na zona Norte, para a empresa Médico do Trabalhador LTDA com o objetivo de solucionar o caos que se estabeleceu nas urgências do município após a rescisão do contrato de cerca de 130 médicos que trabalhavam por meio do Recibo de Pagamento Autônomo (RPA).

Segundo o diretor do sindicato, Argemiro Macedo, a categoria entende que precisa ser feito concurso público urgentemente e que a Prefeitura erra feio com essa medida. “Precisamos saber quem é a empresa. Não vemos com bons olhos não. Os médicos querem o concurso. Vão resistir a essa empresa. Isso pode implicar no atendimento à população por furos na escala. A Prefeitura está apostando nos médicos recém-formados, há muitos clínicos. Mas e os ortopedistas e os cirurgiões?”, indaga.

Argemiro disse ainda que quer saber qual o valor da hora oferecida aos médicos. “Porque a proposta da PMA era de baixar, será que a empresa vai baixar? Então, são dúvidas e indagações que ainda não sabemos responder e estão para serem analisadas”, conclui.