MUDANÇAS - 07/03/2019 - 15:57

SSP unifica delegacias plantonistas Norte/Sul e cria Central 24h

A delegada Viviane Pessoa

Da redação, AJN1

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) resolveu criar a Central 24h como resultado da unificação das delegacias plantonistas Norte, situada no bairro Santos Dumont, e Sul, localizada no conjunto Augusto Franco. A nova unidade de polícia vai funcionar a partir do dia 18 de março, no mesmo prédio onde funciona a delegacia plantonista Norte.

O que chama a atenção nessa mudança é o fato de a Central concentrar as ocorrências em apenas um bairro da capital, o que pode dificultar o acesso da população. Antigamente, existia apenas uma delegacia plantonista em Aracaju, que funcionava na rua de Laranjeiras. Em 2016 houve a estratégia do Governo Jackson Barreto de agilizar os serviços de flagrante e criou-se duas plantonistas, a Norte e a Sul, as quais serão juntadas.

Justificativa

A delegada Viviane Pessoa disse, em entrevista, que o objetivo é prestar um serviço mais eficiente à população. “Nós estamos redimensionando os trabalhos. Com uma Central 24h, a população terá um ganho grande, porque vai reunir as equipes em um único local. Às vezes tinha muita demanda em uma plantonista e na outra não tinha demanda alguma. Tendo um local só, conseguimos liberar as guarnições para voltar para a rua. A Central vai funcionar 24h, até então não havia funcionamento 24h, fazendo flagrantes e atendendo as guarnições da PM e Guarda Municipal”, explica.

Ainda segundo Viviane, as delegacias espalhadas pela capital continuam prestando serviços em suas respectivas áreas, mas se passar das 18h, tem que procurar a Central. Ela explica também que a Central terá acessos distintos: para população e para a guarnição com os presos. “Vamos também implantar nessa Central uma base do Instituto de Identificação para que a gente possa identificar esse preso de imediato. Estamos profissionalizando o serviço e isso dá uma resposta à sociedade no serviço prestado”, justifica.

Por fim, a delegada afirma que não haverá redução de efetivo. “A grande diferença é que nós não estamos reduzindo efetivo, estamos reunindo num único local mais adequado com uma estrutura para trabalhar com flagrantes. Antigamente não tínhamos um local adequado assim”.