- 06/10/2015 - 13:37

TRF da 5ª Região autoriza Ricardo Bispo a reassumir cargo na Assembleia Legislativa

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região autorizou que o engenheiro Roberto Bispo de Lima, irmão do presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (ALESE), o deputado estadual Luciano Bispo, volte a ocupar cargo público. A decisão é do desembargador Ivan Lira de Carvalho e permite Roberto Bispo a retornar ao seu emprego na Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (CEHOP) e a reassumir o cargo de Diretor-Geral ALESE.

 

No último dia 22, o juiz da 6ª Vara Federal, Gilton Batista Brito, determinou a destituição de Roberto Bispo do cargo de diretor da ALESE e a perda do emprego público na Cehop após acolher pedido da Procuradoria da República em ação civil pública ajuizada pelo Mnistério Público Federal (MPF) por improbidade administrativa contra o então prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo, e seus assessores diretos à época, o próprio Roberto Bispo e Carmen Silva Alves dos Santos, que exercia cargo de tesoureira do município.

 

Na mesma decisão, o juiz federal tornou indisponíveis os bens de Roberto, do presidente da ALESE e ainda distituiu Carmen Silva da função de tesoureira. Na época, o juiz Gilton Batista explicou que as condenações aplicadas a Roberto Bispo e Carmen Silva, por irregularidades na aplicação de recursos públicos na prefeitura de Itabaiana, já estavam definidas em processo judicial transitado em julgado. Quanto ao parlamentar, a condenação aplicada por improbidade administrativa ainda estava em grau de recurso.