- 11/01/2019 - 14:04

Ali e acolá



O ex-deputado Heleno Silva tem circulado em gabinetes e conversado com políticos, secretários e até ministro na expectativa de conseguir um “lugar ao sol” num espaço de poder. Ele perdeu a eleição para o Senado e o seu partido saiu completamente enfraquecido, sem eleger ou reeleger qualquer dos nomes colocados no páreo. Agora, Silva espera a reconsideração do governador Belivaldo Chagas (PSD), a quem fez oposição na campanha, para avaliar a possibilidade de o seu PRB participar do gestão.

 

Mediando interesses

Imagem relacionadaO ex-deputado estadual Venâncio Fonseca deve “emprestar” a sua experiência no Parlamento para ajudar o governador Belivaldo Chagas. Ele deve atuar como mediador de interesses entre o Governo e o Parlamento. Fonseca, que foi deputado por muitos anos, não conseguiu um novo mandato na eleição passada. Na Assembleia atuou como líder de governo e, também, líder da oposição, mas nas duas posições sempre manteve uma excelente relação com os colegas.

Diárias abusivas

Tanto o Deotap quanto o Ministério Público investigam a farra de diárias na Câmara Municipal de Nossa Senhora do Socorro. Pasmem! O valor do pagamento ofertado para parlamentares e servidores é maior do que o concedido a ministros e magistrados. Uma diária no município custa R$ 1 mil para a vereança e R$ 700 para funcionários da Casa. Entre 2017 e 2018, os montantes podem chegar aos R$ 600 mil. Já tem vereador correndo para juntar provas de que, de fato, a diária foi paga de forma correta.

É sério

O deputado estadual reeleito Gilmar Carvalho (PSC) avisou hoje que não assumirá compromisso político para disputar a Prefeitura de Aracaju, em 2020. Ontem, ele havia revelado que os votos que lhe foram concedidos na última eleição lhe credenciam a disputar o Executivo municipal e o fará. Para isso, já começou a se articular com quem pode ajudá-lo nesse propósito.

Fafen vai hibenar

Parece que todo o rebuliço em torno da situação da Fafen em Sergipe por parte de parlamentares e políticos deve ter sido em vão. No próximo dia 31 de janeiro, a Petrobras iniciará o processo de hibernação no Estado. A companhia alega perdas e um resultado negativo de cerca de R$ 600 milhões em 2017. A expectativa é de que num futuro não tão próximo, a Petrobras retome as atividades.

 

Gente do bem

O conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Hildegards Azevedo Santos, faleceu hoje, aos 82 anos, em decorrência de complicações geradas por uma neoplasia pulmonar. Em nota, a senadora Maria do Carmo destacou o comportamento probo e o caráter ilibado de Hildegards, de quem era amiga pessoal há longos anos. O velório e o sepultamento ocorrerão na Colina da Saudade.