- 18/01/2019 - 20:45

Diretora regional

Priscilla Silva, filha do governador Belivaldo Chagas (PSC), é a nova diretora regional do Senac. Ela já está atuando, em substituição a Paulo do Eirado que, agora, tornou-se superintendente do Sebrae/Sergipe. Como está em período de férias, muitos ainda não sabem como a estrutura vai ficar. A indicação de Priscilla é fruto da relação política entre Chagas e o deputado federal Laércio Oliveira.

Dança das cadeiras

Há quem diga que o martelo está batido e a delegada-Geral, Katarina Feitoza, deixará o comando da Superintendência da Polícia Civil. No seu lugar, a pretensão do secretário João Eloy seria pelo nome do delegado Jonathas Evangelista. Porém, há uma exigência da Constituição Estadual de que, para ocupar o cargo, este profissional seja da última classe de delegado (especial), o que não é o caso de Jonathas. Resta saber se a PGE dará parecer favorável.

Outra hipótese

Caso Jonathas Evangelista não possa comandar a Superintendência da Polícia Civil, pode haver uma permuta para acomodar a delegada Katarina, na segurança do Tribunal de Justiça (TJ), uma vez que já esteve por lá. Neste caso, o delegado Flávio Albuquerque assumiria o cargo. Mas, João Eloy tentará até o fim colocar Jonathas por lá. Prova disso, é que o nome dele não consta no Diário Oficial, publicado nesta quinta-feira, entre as nomeações para cargos de diretoria.

Se há fumaça…

No famoso “senadinho” do calçadão da rua João Pessoa tem gente experiente garantindo que as conversas entre André Moura (PSC) e o governador Belivaldo Chagas (PSD) já estão bastante adiantadas para que o deputado assuma o escritório de representação de Sergipe em Brasília.  O trânsito livre no Congresso é fator preponderante e isso, convenhamos, André tem de sobra.