- 27/11/2017 - 16:04

Enxergando o visível

Calma! Calma! Eu sei que é redundância. Mas é que tem sido tão comum, em nome da fé, as pessoas enfatizarem o “enxergar o Invisível”, que julgo importante chamar a sua atenção para uma reflexão sobre o “enxergar o visível”. Como cristão que sou, concordo que devamos enxergar pela fé. Afinal, esse é o ensinamento da palavra de Deus em diversos trechos da Bíblia Sagrada. Por exemplo: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem.” (Hebreus 11:1). Ou, ainda: “Porque andamos por fé e não por vista.” (II Coríntios 5:7). Portanto, é ensinamento bíblico enxergar o invisível e, logicamente, concordo com isso. Eu mesmo já experimentei essa grande bênção por várias vezes em minha vida.
Porém, o que eu quero lhe chamar a atenção é quanto ao fato de as pessoas não observarem, como deviam, o que está visível, ou seja, em nome de manifestar uma fé extraordinária e enxergar o invisível, acabam deixando de enxergar o que está bem diante delas. O próximo passo de quem tem esse comportamento é tornar-se uma pessoa mal-agradecida, pois não reconhece as bênçãos que tem, estando sempre focada no que não tem. É comum encontrarmos pessoas reclamando do emprego e pedindo sempre algo melhor, como se aquele emprego que tem não valesse coisa alguma, esquecendo-se que é dali que tem tirado o seu sustento e o de sua família, e que alguns sonhos têm sido realizados. Encontramos também aqueles que vivem reclamando dos cônjuges, apontando sempre os defeitos e exigindo mudanças; mas será que essa pessoa não tem qualidade alguma a ser observada? Vemos pais que focam no que gostariam que seus filhos fossem e não enxergam aquilo que eles já são. Pessoas lamentam o tempo todo quanto aos bens que gostariam de ter, e não enxergam aquilo que já tem.
Sabe, meu entendimento é de que tudo que temos são sementes. Se cuidarmos bem dessas sementes, teremos uma colheita abençoada; mas se as rejeitarmos, como poderemos colher alguma coisa melhor? COMO PODEMOS TER O QUE NÃO ENXERGAMOS, SE NÃO VALORIZAMOS O QUE TEMOS?
Quero lhe propor que, antes de qualquer pedido que faça ao Senhor nosso Deus, primeiro agradeça por tudo que Ele já tem lhe dado. Acredito que assim você conquista o direito de pedir o que ainda enxerga apenas pela fé. Obrigado Senhor!
Um forte abraço e até a próxima semana, se Deus disser que sim!