- 05/11/2018 - 13:34

Primeiras mudanças



O advogado José Carlos Felizola Filho assumiu a chefia da Casa Civil do Governo do Estado. Felizola, que é genro do governador Belivaldo Chagas (PSD), tem experiência administrativa, foi diretor da Cohidro, da Codise e respondeu pela Secretaria de Ação Social e Trabalho. Pela sua competência e estilo apaziguador, ele conta com a simpatia da maioria dos que compõem o quadro de auxiliares da gestão.

Máquina oxigenada

Felizola Filho será o braço direito de Belivaldo no processo de transição.  Outras mudanças ocorrerão em breves dias, quando o governador reeleito pretende iniciar uma série de alteração no seu quadro de auxiliares para começar a oxigenar a máquina e dá o tom do seu próximo Governo, a partir de janeiro de 2019. Os mais chegados sabem que Belivaldo gosta de tomar decisão com tranquilidade, sem pressão!

Obra patrocinada

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) vai patrocinar a obra biográfica intitulada “José Rollemberg Leite – Trajetória de um homem público”, escrita pelo economista Dilson Barreto. José Rollemberg Leite foi eleito governador de Sergipe em 1947. O mandato foi cumprido até 1951; em 1965 tornou-se senador da República e entre 1975 e 1979 foi nomeado governador do Estado pelo então presidente da República, Ernesto Geisel. Nesse período, Rollemberg Leite – que foi o governador mais jovem de Sergipe – indicou o engenheiro João Alves Filho para administrar a Prefeitura de Aracaju.

Advogados pela Liberdade

O advogado sergipano Saulo Vieira assumiu a direção Nacional de Expansão da maior iniciativa liberal dentro da advocacia, denominada “Os Advogados pela Liberdade”. Além de promover a disseminação das ideias de liberdade com uma agenda voltada a este fim, o APL, como é conhecido, atua nos Tribunais quando o Estado atenta contra as liberdades individuais da população.

Theunis Marinho

O renomado executivo e escritor Theunis Marinho participa no próximo dia 8, às 19h, no Delmar Hotel,  do segundo Encontro de Líderes Empresariais de Sergipe. O evento é promovido pela seccional sergipana da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH/SE) e marca o encerramento da gestão da psicóloga Cláudia Soledade à frente da entidade.

Bem estilo

Bem ao seu estilo, o governador Belivaldo Chagas deu recado direto aos seus aliados que já querem discutir as eleições de 2020 e 2022. O processo de 2018 mal acabou, mas a galera sedenta de poder já quer formatar chapas e “amarrar” alianças para a eleição de prefeito. Para Belivaldo, a hora é de falar em administrar o Estado. Para os que desejam antecipar o pleito, “tome outro rumo”, avisou.