MUNDO - 16/10/2017 - 15:51

União Europeia adota novas sanções contra programa nuclear norte-coreano



Nesta segunda-feira (16), os países da União Europeia (UE) aprovaram novas medidas autônomas contra a Coreia do Norte, por conta da “ameaça” à paz e à estabilidade internacional que os programas nucleares e o desenvolvimento de mísseis balísticos representam.

Os ministros de Relações Exteriores da UE tomaram essa decisão durante uma reunião realizada em Luxemburgo e na qual analisaram a situação na Península da Coreia, em particular, o “flagrante menosprezo as resoluções anteriores do Conselho de Segurança das Organização das Nações Unidas (ONU)” por parte de governo em Pyongyang.

“O Conselho adotou novas medidas autônomas da UE para continuar aumentando a pressão sobre este país para que cumpra as suas obrigações”, indicaram os ministros em nota.

Também decidiram reduzir o valor das remessas pessoais transferidas à Coreia do Norte. A partir de agora serão apenas 5 mil euros, em vez dos de 15 mil euros que era liberado anteriormente. A mudança se baseia na suspeita de que esses valores estão sendo usados para apoiar programas nucleares e de mísseis balísticos.