Em um ano, produção de petróleo em Sergipe recua 16%

Da redação AJN1, com informações da ANP

 

A produção de petróleo em Sergipe recuou 16%, se comparado com o mês de janeiro do ano passado, segundo análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

 

Se comparar janeiro de 2016 com o mês de dezembro de 2015, a produção de petróleo no estado foi superior a 1 milhão de barris de petróleo, ficando 3,3% acima da produção.

 

Foram produzidos 258 mil de petróleo em alto mar, uma expansão de 24,9% em comparação com o mês imediatamente anterior, dezembro de 2015. Porém, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, houve recuo de 27,8%.

 

A produção em mar corresponde a 25,5% da produção total. Já a produção em terra, que responde pelos 74,5% restantes, foi de 754 mil barris, ficando 2,5% abaixo da produção do mês de dezembro de 2015, e 11% menor que a do mês janeiro de 2015.

 

Produção de Gás

 

A produção de gás natural ultrapassou os 519 mil barris, no primeiro mês do ano, crescimento de 31,4%, na comparação com o mês imediatamente anterior, dezembro último. Entretanto, no comparativo anual (janeiro/2015), a produção de gás natural recuou 11,6%.

 

A produção em mar segue como a principal fonte de produção do gás em Sergipe, com uma produção superior aos 478 mil barris, responsável por 92,2% do total produzido no estado. Enquanto a produção terrestre foi de 40,6 mil barris, o que representou apenas 7,8%, da produção.