ARACAJU/SE, 17 de julho de 2024 , 13:37:16

logoajn1

Com presença do bicampeão Giovane, chama Olímpica se despede de Sergipe

Da redação, AJN1

 

A passagem da tocha olímpica por Sergipe se encerrou na manhã deste domingo (29) no município de Propriá. A chama saiu de Aracaju às 7h da manhã com destino à cidade ribeirinha. Chengando lá, os moradores recepcionaram o ex-jogador de vôlei Giovane Gávio, bicampeão olímpico com medalha de ouro em Barcelona 92 e Atenas 2004.

 

Antes do revezamento, Giovane teve uma manhã de lazer com crianças locais atendidas por uma fundação. O bicampeão levou a medalha de 1992 para mostrar à molecada. Na sequência, ele recepcionou a chama olímpica.

 

E o primeiro a participar do revezamento foi o estudante Ninã, de 14 anos, num total de 12 pessoas que carregaram a tocha pelas ruas do município mesmo debaixo de chuva.

 

Alagoas

 

De um pequeno barco característico de Propriá, a tocha olímpica embarcou nas águas do Velho Chico rumo a Alagoas. O primeiro município alagoano que dará as boas-vindas ao fogo olímpico é São Sebastião, região que se destaca pelo trabalho artesanal de rendas de Bilro. A celebração será na Praça Muniz Falcão e será marcada por apresentações de tribos indígenas, além de feira de artesanato e shows com artistas locais.

 

A próxima parada do trajeto é Arapiraca, segunda maior cidade do estado alagoano. A celebração para recebimento da tocha será no Parque Municipal Ceci Cunha – um dos principais atrativos da região. O destino oferece ainda opções de lazer como: a Igreja de São Sebastião – templo religioso mais antigo da cidade, o Lago da Perucaba, o Memorial da Mulher, o Museu Zezito Guedes, o Parque das Arapiracas e o Mercado de Artesanato.  Na gastronomia, o bolo de macaxeira e a galinha de capoeira são pratos típicos que merecem ser apreciados.

Você pode querer ler também