ARACAJU/SE, 17 de julho de 2024 , 12:21:00

logoajn1

Para Jorginho, grupo tem de lidar com o real risco de queda

 Com a derrota para o Fluminense por 1 a 0, a equipe aumentou para cinco pontos a distância em relação ao primeiro time fora da zona de rebaixamento.
Em São Januário, o sentimento de angústia se torna ainda maior em função da série de tropeços dos adversários diretos nas últimas rodadas, que não foram aproveitados pelo time carioca.

 

Nos últimos nove pontos disputados, a Chapecoense, que tem o menor risco percentual de queda, foi a que mais pontuou, somando cinco, sendo seguida por Goiás e Joinville (três), Avaí e Figueirense (dois) e Coritiba (um). Caso o Vasco tivesse vencido seus compromissos, já estaria fora da zona diante destes resultados.
Mesmo com a frustação da lanterna, o técnico Jorginho segue acreditando. "Bate a ansiedade, mas o grupo é experiente, tem que lidar com a situação. Permanece a confiança. Dificultou um pouquinho mais, perdemos a chance de encostar, mas em duas rodadas podemos mudar completamente a situação."

 

De acordo com o matemático Tristão Garcia, a pontuação segura para se livrar do rebaixamento é de 44, o que, em tese, obriga o Vasco a vencer todos os cinco jogos restantes, já que, atualmente, soma 30. O especialista, no entanto, abre brecha para um corte menor.
'Com 43 pontos é uma chance muito boa, mas o Vasco está dependendo dos outros times um pouco', disse à Rádio Bradesco Esportes.
Os próximos jogos do Vasco no Campeonato Brasileiro são: Palmeiras (fora), Corinthians (casa), Joinville (fora), Santos (casa) e Coritiba (fora).

Você pode querer ler também