Preso casal suspeito de latrocínio contra supervisor da Ambev

 

Da redação, AJN1

Com a prisão de Michel Leal Dantas Soares, o “Michel Gordo”, 30, que cumpria pena em regime aberto por tráfico, e a apreensão de uma adolescente, a equipe da Delegacia Regional de Estância elucidou o latrocínio que vitimou o supervisor da Ambev Diego Moisés de Jesus Santo. A captura do casal aconteceu na tarde deste sábado (9), em um dos povoados da cidade de Umbaúba. O latrocínio aconteceu no dia 21 de fevereiro, tendo o casal roubado o veículo da vítima, que foi recuperado, e vários aparelhos eletrônicos, celulares e relógios.

As investigações realizadas pela equipe do delegado Alan Faustino indicam que, a adolescente participou ativamente da trama, tendo sido a responsável por atrair o supervisor da Ambev para um encontro nas imediações do forródromo de Estância. Sem desconfiar das reais intenções da adolescente, Diego seguiu para o local marcado no veículo Hyundai i30 e acabou surpreendido por Michel, que passou a espancá-lo com um pedaço de madeira e depois o asfixiou usando um lençol.

Agindo com frieza, o acusado e a adolescente colocaram o corpo de Diego no porta-malas do i30 e seguiram até a casa dele, onde recolheram aparelhos de TV, som e relógio. O casal também levou os aparelhos celulares e o relógio que estava com a vítima. Na sequência, os suspeitos seguiram até o povoado Biriba 3, onde abandonaram o corpo, e retornaram para sede do município.

Pelo que ficou esclarecido, a intenção do acusado era levar o carro roubado até Itabaiana, onde iria vendê-lo. No entanto, um problema mecânico acabou levando Michel a abandoná-lo próximo da casa onde morava. A partir da denúncia do desaparecimento do supervisor da Ambev e da localização do veículo, a equipe da regional de Estância iniciou os levantamentos e através dos dados do GPS encontrou o corpo da vítima. As investigações avançaram e os policiais chegaram até Michel e a adolescente, que foram capturados no sábado.

O acusado que tem várias passagens pela polícia e condenação por tráfico, estava em liberdade desde fevereiro do ano passado, quando passou a cumprir pena em regime aberto. Ele será encaminhado a uma das unidades prisionais do estado, enquanto a adolescente será transferida para Unidade de Internação Feminina (Unifem), em Aracaju, onde a princípio permanecerá por 45 dias.

*Com informações SSP