ARACAJU/SE, 18 de julho de 2024 , 8:48:19

logoajn1

Valadares Filho: “Queda de Rivanda não mancha imagem do PSB”

03/06/2015

17h30
Por Joangelo Custódio
 

O presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Sergipe, o deputado Federal Valadares Filho, conversou com o AJN1 nesta quarta-feira, 3, sobre a imediata ação do partido em destituir, na última segunda-feira, 1, pela manhã, o diretório municipal do PSB em São Cristóvão e, consequentemente, o afastamento de Rivanda Batalha da sigla, o que aconteceria espontaneamente horas depois com a divulgação de carta-renúncia, assinada pela ex-prefeita, após o escândalo de corrupção em licitações de merenda escolar exibido pelo SBT, sob o comando do jornalista Roberto Cabrini. 
 

Perguntado se o escândalo envolvendo a prefeitura de São Cristóvão abalaria os tons da imagem do partido, Valadares Filho disse veementemente que não. “A imagem do PSB não sai manchada com essa denúncia. Logo na segunda-feira pela manhã, após a reportagem de domingo, o partido tomou a providência de encaminhar a destituição do diretório daquele município. Independente da renúncia, ela seria afastada, não ficaria no PSB de qualquer maneira”, expôs, ao ponderar que a decisão de renúncia da ex-prefeita foi tomada de forma isolada e pessoal. “Cabia a ela fazer isso.”
 

Valadares Filho assistiu a reportagem e, como centenas de sergipanos, ficou surpreso. “A denúncia é gravíssima. Se ela é inocente ou não, só cabe a justiça julgar. Eu não posso emitir opinião sem antes a justiça fazer as averiguações e comprovar ou não irregularidades na administração daquele município”.
 

“Estou chocado”
 

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) também disse estar perplexo com as denúncias. Para ele, não é sadio envolver verbas públicas em processos de corrupção. “Estou chocado! Merenda escolar é bem sagrado para qualquer criança. Aliás, tudo que envolva verba pública deve ser preservado. Como homem público da sociedade, estou indignado. Que a justiça faça sua parte”.
 

Novo prefeito sem partido
 

Integrante do PSB, Elber Batalha explica que há muito tempo membros da alta cúpula do partido queriam o desligamento de todo o diretório municipal do PSB em São Cristóvão, em virtude de incompatibilidade de projetos políticos e com a futura junção do PSB e PPS, visando montar um novo diretório naquela cidade. O escândalo de corrupção veio calhar a vontade da direção estadual.
 

Dessa forma, o novo prefeito do município, Jorge Eduardo Santos, que tomou posse nesta quarta-feira, já pode considerar-se sem partido. “A saída deles era algo atrasado. Resolvemos antecipar o processo de desligamento em virtude das graves denúncias. Vamos eleger, interinamente, outro diretório”, revela.

Você pode querer ler também