- 18/04/2019 - 12:59

Bem cotado



Na próxima sexta-feira (26), os membros do diretório estadual do MDB  participam das eleições internas, quando serão escolhidos  os novos dirigentes da sigla. Nos bastidores do partido, é dada como certa a escolha do deputado federal Fábio Reis para presidir a sigla que, por longos anos, foi comandada por emedebistas históricos, como o ex-governador Jackson Barreto e o ex-prefeito por Aracaju, João Augusto Gama.

Sai fortalecido

Com a chegada de Fábio ao comando da agremiação, os Reis se fortalecem mais  no campo político. Cuidarão de ampliar a sigla – que já foi muito grande, mas a exemplo do PSDB tem se tornado diminuta no Estado -visando as futuras eleições no âmbito municipal e estadual. A intenção dos Reis é estarem prontos para ocupar posições importantes em Sergipe.

Um trunfo

Cacifado no papel de coordenador da bancada federal sergipana para assuntos relacionados ao Orçamento Geral da União (OGU), Fábio Reis, naturalmente, tende a capitalizar politicamente. O irmão Sérgio Reis, ex-deputado federal e braço direito do parlamentar, é quem cuida pessoalmente dos encaminhamentos para consolidar o grupo.

Verba indenizatória

Projeto de Lei de autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, alterando o artigo da Lei que versa sobre a Verba para o Exercício da Atividade Parlamentar, foi aprovado na longa sessão plenária de ontem (17). Com a mudança, os deputados poderão locar imóvel ou contratar serviços de utilização de espaço de trabalho compartilhado (coworking) para funcionamento de escritório de apoio às atividades parlamentares, bem como despesas inerentes à sua manutenção, inclusive condomínio, água e esgoto, e energia elétrica, observado o preço de mercado.

Reajuste

Os servidores efetivos da Assembleia Legislativa receberão um reajuste salarial da ordem de 3,52%, retroativo a 1º de abril. O aumento foi aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa, ontem (17).

 

Feliz Páscoa a todos!