- 19/08/2019 - 18:38

Frustração! Como lidar?

Há alguns anos atrás fiz uma viagem de carro e passei pela Chapada Diamantina, na Bahia. Um lugar lindo! Ali, as montanhas parecem formar silhuetas de animais e, em alguns momentos, parece que estamos enxergando um cachorro, ou, daqui a pouco, parece um leão, e assim vamos brincando com a imaginação.

Conheço um povoado na Chapada que tem uma linda cachoeira. Então, pensei: “Vou até a cachoeira gravar o programa ‘No Caminho’ (um programa curto de, aproximadamente, 3 minutos que faço para o YouTube, e que vai ao ar todas as quartas-feiras, às 13h). Mas, para minha surpresa e frustração, a cachoeira estava seca. Havia apenas um paredão de pedra sem uma gota d’água escorrendo. Aquele lugar costuma atrair famílias que ficam brincando na água e fazendo piquenique à sombra das árvores. Porém, nesse dia, além de mim, apenas os pássaros estavam ali. Sentei numa pedra e fiquei tentando lembrar de como era aquele ambiente quando tinha água na cachoeira, e me veio realmente a frustração. Afinal eu havia desviado meu percurso só para passar por ali, viajando por uma estrada de terra, com muito calor, enfim… fazer o que?

Naquele momento, me veio a lembrança da passagem bíblica registrada no Evangelho de João, capítulo 4, em que Jesus se encontra com uma mulher samaritana na beira de um poço e pede que ela lhe dê água. Veja esse trecho da Bíblia:

Havia ali o poço de Jacó. Jesus, cansado da viagem, sentou-se à beira do poço. Isto se deu por volta do meio-dia. Nisso veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: “Dê-me um pouco de água”. (Os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida.) A mulher samaritana lhe perguntou: “Como o senhor, sendo judeu, pede a mim, uma samaritana, água para beber? ” (Pois os judeus não se dão bemcom os samaritanos.) Jesus lhe respondeu: “Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva”. João 4:6-10.

Jesus estava dizendo mulher samaritana que a água daquele poço simbolizava as buscas que muitos fazem na vida na tentativa de atender uma necessidade. Porém, logo depois, essa necessidade volta a existir. É o vazio da alma que não pode ser preenchido de qualquer forma.

Existe um vazio no homem! E não tem dinheiro, status ou poder que possam preencher esse vazio. Esse vazio no homem só pode ser resolvido pela presença de Jesus no coração. Foi isso que Ele quis dizer. Aquela mulher já estava no seu sexto casamento e não era feliz e, por isso, Jesus disse que a água que ela estava bebendo não podia matar sua sede.

Se você anda frustrado com os amigos, com a família, com o seu trabalho, ou até com a sua igreja, ou com a própria vida, lembre-se: Jesus jamais vai frustrar você! Sua expectativa com Jesus jamais será frustrada. Entregue seu caminho a Ele, confie, e Ele tudo fará.

Um forte abraço e até próxima oportunidade se Deus disser que sim.