Gêmeas Tássia e Tâmara: biomédicas sergipanas fazendo a diferença

Mesmo sendo uma coluna política, nunca é demais lembrar que histórias inspiradoras fascinam o colunista a ponto dele abrir espaço pra elas. E, nesse caso, são elas mesmo: as irmãs, gêmeas, Tássia Nunes e Tâmara Nunes. A coluna entrou em contato com a história delas através de material enviado pela assessoria de comunicação da Universidade Tiradentes (Unit). E como o espaço é exíguo, busquemos um resumão básico. As irmãs cursaram Biomedicina na Unita. Mas sempre foram curiosas e logo ingressaram no mundo da pesquisa. O resultado disso está descrito no release que o colunista recebeu, leu e se encantou. “Ainda na graduação, Tássia e Tâmara participaram do programa Ciência sem Fronteiras Brasil-Canadá, o qual se tornou um dos maiores aprendizados que tiveram na vida. No Canadá, conheceram novas culturas, aprenderam um novo idioma, exploraram novos aprendizados, que iam da astronomia à tecnologia. Ao retornar para o Brasil, imediatamente se candidataram para um estágio em neuroengenharia no Instituto Santos Dumont, fundado pelo professor Miguel Nicolelis e único lugar no Brasil que oferece pós-graduação em Neuroengenharia. Foram aceitas pelo diretor do Instituto, o professor Edgard Morya, para realizar o estágio curricular (…) E dois anos adiante ingressaram no programa de pós-graduação em neuroengenharia”. Até aí, uma bela história, certo? Mas o melhor vem agora. “No curso de neuroengenharia as gêmeas criaram a EducAR, primeira startup formada no Instituto, que busca inovar na educação por meio do uso da tecnologia de realidade virtual e aumentada. Em seis meses de existência a EducAR foi aprovada no programa Centelha do Governo Federal para atuação no estado de Sergipe e, em seguida, aprovada para incubação no Tiradentes Innovation Center (TIC)”. Veja bem, leitor e leitora: o que as gêmeas Tássia e Tâmara representam em termos de conquista é algo que pode ser creditado absolutamente a elas e aos seus esforços. Mas os resultados do que elas têm conquistado são fundamentais para que entendamos uma coisa tão básica, mas tão importante, que merece mesmo o destaque que a coluna está dando: educação, leitor e leitora, sempre foi, é e seguirá sendo a mola-mestra das transformações e evoluções que tanto almejamos e que tanto merecemos. Sem mais!

Heleno com Kaká

Diante da crise administrativa e da situação de calamidade financeira registrada em Canindé de São Francisco, o partido Republicanos decidiu declarar apoio à pré-candidatura de Kaká Andrade (PSD) nas eleições municipais. A confirmação foi feita na sexta, 26, pelo ex-deputado federal e ex-prefeito Heleno Silva. De acordo com líder do Republicanos em Sergipe, a sigla escolheu trabalhar pela eleição de Kaká porque acredita que o pré-candidato possui perfil de gestor e capacidade para recuperar Canindé. “O grande problema em Canindé é de gestão. Fui prefeito na cidade e sei que o município pode prestar um serviço de qualidade ao povo. Enfrentei uma crise pior do que a observamos hoje e deixei a cidade melhor. Com clínicas de saúde, escolas, estradas e serviço social funcionando”, destacou.

Heleno com Kaká 2

Para ele, a cidade precisa de um gestor articulado, que saiba dialogar e buscar ajuda quando for necessário. “Canindé perdeu receita e não há um projeto para o município, um planejamento que envolva o servidor público, os agricultores e que passe pelo futuro dos jovens. Kaká Andrade tem capacidade para mudar esse cenário e pertence a um grupo político forte. Tenho certeza que ele irá trabalhar parcerias com o governo federal e estadual para garantir melhores condições de vida para o povo”, enfatizou.

Heleno com Kaká 3

Segundo Heleno, a pré-campanha e campanha serão feitas com base nas propostas e projetos para o futuro do município. “Não queremos baixo nível e agressão. O estilo do Republicanos não é esse. Nosso partido preza pelo respeito e por uma campanha limpa. É assim que iremos conduzir nossa ação em Canindé”, disse. “O objetivo de Kaká é retomar o compromisso administrativo e social que marcou a trajetória do seu irmão, Orladinho Andrade, na administração de Canindé. Ele quer promover um resgate do protagonismo que o município teve no passado próximo. Nós, Republicanos, estaremos ao lado dele nesse processo. Apoiando o que consideramos ser a opção mais acertada para o desenvolvimento de Canindé”, frisou Heleno.

Pêsames

Morreu na manhã desta sexta-feira (26) o senhor Damião da Conceição Barreto, “Seu Cula”, como era conhecido, pai do ex-deputado e radialista Adelson Barreto e avô do ex-vereador de Aracaju, Tijoi Barreto. Ele estava internado no Hospital São José, entubado, após contrair uma pneumonia e a Covid-19. Nesta sexta pela manhã seu estado de saúde se agravou e ele acabou morrendo. A família ainda não definiu o local e horário de sepultamento. As informações são do radialista Jailton Santana, no programa Jornal da Vida da Rádio Jornal.

FRASE

“Sou político e foco na política. O TCE/SE é uma honra para qualquer pessoa, mas não é um espaço que esteja vago”

Fábio Mitidieri, dep. Federal

No JL Política sobre seus planos para o futuro

Autor

Anderson Christian

Outras Notícias