Indiaroba vê Justiça sendo feita com Adinaldo na prefeitura

Anderson Christian
christianjor@gmail.com

A sabedoria popular diz, óbvia e sabiamente, que “decisão judicial não se discute, se cumpre”. E o prefeito de Indiaroba, Adinaldo Nascimento (MDB), seguiu a risca esse ensinamento, ao ter o pedido de seu afastamento da prefeitura por conta de investigações em curso. Adinaldo, em 2016, chegou ao comando administrativo da cidade que escolheu para viver e que, por sua vez, o escolheu para realizar transformações de monta, extremamente relevantes. E a coluna não fala isso para fazer favor algum: a primeira gestão de Adinaldo mudou a cara de Indiaroba para melhor, cuidando dos povoados e da zona urbana com o mesmo esmero, de forma igualitária, o que rendeu uma autoestima elevada para uma população que vivia cabisbaixa, largada à própria sorte, sem um poder público que, de fato, se preocupasse com aqueles que mais precisavam. Mas eis que uma denúncia quase coloca tudo isso por água abaixo. Em relação a uma licitação efetivamente feita, o Ministério Público enxergou problemas. Aliás, essa função do MP é constitucional, absolutamente correta e resguardada. Por isso mesmo que Adinaldo buscou o caminho das leis e da Justiça para buscar provar que nada tinha a ver com o que fora denunciado. Acontece que a decisão pelo afastamento veio às vésperas das eleições. Seus opositores, assim, logo soltaram fogos e começaram a festejar o que tinham como uma vitória certa. Acontece que o povo tinha outros planos. E mesmo afastado da prefeitura, cumprindo regiamente a decisão que lhe havia sido imposta, Adinaldo, acompanhado de seu vice na gestão e também candidato a vice na chapa que buscava a renovação do mandato, Marcos Sertanejo (PSD), foi à luta. E o povo lutou com eles! Juntos, lutaram e venceram com larga margem: Adinaldo teve 5.849 votos, 60,93% do total de válidos. Um baile mesmo! Mas faltava uma coisa para a alegria do povo de Indiaroba ser completa. E isso aconteceu, conforme narra nota extraída do site FaxAju. “O Tribunal de Justiça de Sergipe concedeu nesta terça-feira (12) ao prefeito reeleito de Indiaroba, Adinaldo do Nascimento (MDB), o direito de assumir o executivo municipal. As informações passadas pelo advogado, Aurélio Belém, responsável pela defesa do prefeito, as medidas cautelares que foram impostas eram excessivas, desnecessárias e inoportunas, já que não houve improbidade administrativa, a licitação foi realizada e o prefeito já está em um outro mandato. Adinaldo Nascimento foi reeleito na eleição do último dia 15 de novembro com mais de 60 % dos votos”. Assim, Adinaldo está de parabéns, pois teve de volta o direito de governar o povo que o escolheu para isso. Mas é a população de Indiaroba que merece toda a felicidade, pois foi ela que, vendo a sua realidade mudar para melhor a cada dia nos últimos quatro anos, não pestanejou e manifestou sua vontade nas urnas. Vontade essa que, agora, é confirmada pela Justiça sergipana. Simples assim!

DEM ativo

Ocorreu na sede do Democratas mais uma reunião do ano, dessa vez com a presença da senadora Maria do Carmo Alves. Também participaram do encontro, o presidente Estadual do partido, José Carlos Machado, da presidente do DEM Mulher, Josilda Monteiro, do vereador Breno Garibaldi, da presidente do DEM Municipal, Georlize Teles, além do suplente de vereador do partido, Saulo Vieira e do jornalista Abrahão Crispim. O encontro teve como objetivo traçar os rumos da instituição.

DEM Ativo 2

Na ocasião, foram discutidos dois projetos. Um de reestruturação da Juventude Democratas em todo o estado, que será capitaneado por Breno Garibaldi, com o intuito de construir novas juventudes municipais e disseminar os ideais do Democratas e outro a respeito do DEM Empreendedor, que será presidido por Saulo Vieira. A senadora endossou a nomeação do futuro presidente da juventude do DEM, o vereador Breno Garibaldi, e a futura nomeação do presidente do DEM Empreendedor, o advogado e empresário Saulo Vieira. “Estarei sempre presente em todas as reuniões da diretoria e estarei empenhada em reconstruir o partido em todo estado”, destacou.

Celse nega

Confira informações a partir do site Destaque Notícias sobre a usina termoelétrica da Barra dos Coqueiros. “A Centrais Elétricas de Sergipe (Celse) emitiu nota nesta quarta-feira (13), esclarecendo que, ao contrário do que foi noticiado em alguns veículos de imprensa, a companhia não foi vendida e não haverá mudança no projeto da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe I, que é o maior empreendimento a gás natural da América Latina.

Celse nega 2

“Nesta quarta-feira, 13 de janeiro, foi anunciada na imprensa internacional a operação de transferência de controle acionário da Hygo Energy. “A Hygo Energy possui controle acionário indireto da Golar Power Brasil e, dessa maneira, o acordo comercial formalizado abrange a participação acionária que a Golar possui na Celse. Esta transação não configura ou prevê qualquer mudança acionária, administrativa ou de gestão na Celse ou mesmo na Golar Power Brasil, e tampouco afeta quaisquer acordos e compromissos assumidos por estas empresas”, explica a Celse”. Então, tá!

FRASE

“Estarei presente nas reuniões da diretoria e estarei empenhada em reconstruir o partido em SE”

Maria do Carmo, senadora

Sobre sua atuação junto ao DEM, seu partido

Autor

Anderson Christian

Outras Notícias

voltar para página inicial