2ª etapa do Plano de Desligamento Voluntário inicia hoje

Empregados ativos e inativos de mais três empresas do Governo do Estado terão a oportunidade de participar do Plano de Desligamento Incentivado (PDI) e receber vantagem financeira.

 

O programa oferece a funcionários que queiram pedir rescisão de contrato um bônus de 10% sobre o valor que seria pago como indenização caso a dispensa seja solicitada. Nesta segunda etapa, o período de vinculação ao programa inicia a partir desta quarta-feira (2), para funcionários da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise) e Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis) e a partir da próxima segunda-feira (7), para Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro).

 

“Cada edital se adequa ao estatuto de cada empresa, que possuem regras próprias que serão respeitadas. A regra única é o bônus, mas sempre de acordo com o edital da empresa, respeitando os direitos desses funcionários”, explica a superintendente executiva da Secretaria de Estado de Planejamento, Lucivanda Nunes.

 

Assim como na primeira etapa, a segunda etapa do PDI atinge quase todos os empregados dessas empresas estatais e é uma oportunidade para que haja desligamento voluntário com benefício.

 

Lucivanda orienta que para mais informações os interessados devem acessar o site de cada empresa para consulta ao edital, que estabelece os pré-requisitos de participação, os cargos afetados pelo programa e o prazo final para a adesão. Os empregados podem ainda buscar atendimento no setor de RH da Emgetis, Codise e Emdagro.

 

Primeira etapa

 

Em outubro, na primeira etapa do PDI, funcionários da Companhia Estadual de Obras Públicas (Cehop), Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur), Empresa de Desenvolvimento Sustentável de Sergipe (Pronese) e Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) tiveram oportunidade de aderir às vantagens oferecidas pelo Estado a quem optasse pelo plano.