Abatedouro clandestino é interditado no bairro Palestina, zona Norte da capital

Um abatedouro clandestino localizado na rua Pedro Edson, 185, Bairro Palestina, foi interditado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sema). O local possui equipamentos mal conservados, forte odor e dejetos descartados irregularmente, como penas e vísceras de aves.

 

“O estabelecimento apresenta diversas irregularidades. Além disso, o abatedouro é localizado em área urbana e não possui licença ambiental, por isso, a interdição imediata”, informou a técnica ambiental da Sema, Betejane de Oliveira.

 

É importante salientar que a Sema segue a Lei Municipal 4.145/2012, que diz que é proibida a instalação e funcionamento de abatedouro de aves ou quaisquer animais nas zonas residenciais de Aracaju, salvo quando atendidas as exigências da legislação ambiental e sanitária.

 

Os abatedouros clandestinos, que apresentam péssimas condições de abate, de armazenamento e de transporte da carne dos animais, são uma verdadeira ameaça aos consumidores, pois afetam diretamente a saúde de quem consome seus produtos. Esses estabelecimentos também podem causar prejuízos ao meio ambiente, porque, em geral, descartam irregularmente seus resíduos.

 

Para denunciar esse tipo de estabelecimento irregular, basta ligar para a Sema pelos telefones: 3225-4150/3225-4151. Você também pode realizar as denúncias na sede do órgão, que é localizado na Avenida Pedro Paes de Azevedo, 853, Bairro Salgado Filho.

 

Com informações da Sema