ARACAJU/SE, 17 de julho de 2024 , 13:44:47

logoajn1

Agentes da Reviver ameaçam paralisar atividades

Sob o risco de ficar sem salário, 300 agentes disciplinares do Complexo Penitenciário Antônio Jacinto Filho(Compajaf) no bairro Santa Mara em Aracaju ameaçam paralisar as atividades na próxima sexta-feira (27). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores das Empresas Privadas do Sistema Prisional (Sintradispen/SE) o Governo do Estado está em atraso com os pagamentos a empresa Reviver por mais de 90 dias.

 

A informação do sindicato é que empresa tem mantido, com recursos próprios, o pagamento dos agentes em dia, mas alertou que existem seis faturas atrasadas desde agosto de 2015 e, diante desta situação, encontra-se impossibilitada de continuar arcando com a folha de pagamento, honrar compromissos com fornecedores e manter despesas na unidade prisional, tais como água, energia e manutenção predial.
 
 
O sindicato enviou oficio no dia 19 de maio ao Governo do Estado, ao secretário de Justiça Antônio Hora e ao secretário da Fazenda, Jeferson Passos, solicitando audiência para tratar do assunto.

 

“O Compajaf é um presídio de segurança máxima e demanda do governo mais responsabilidade em sua gestão. A manutenção do funcionamento regular do Compajaf, o cumprimento do contrato com a empresa terceirizada que interfere no salário dos agentes disciplinares, tudo isso é assunto importante para a população sergipana. Já fizemos esta denuncia em vários espaços, a paralisação é sempre o último recurso de pressão do sindicato para se fazer ouvir”, alertou o presidente do Sintradispen, Antônio Luiz Oliveira.

 

Fonte: Ascom CUT/SE

Você pode querer ler também