Auditores fiscais do Estado fazem protesto contra fechamento de postos

Nesta terça-feira (29), os auditores de tributos vão denunciar o fechamento de cinco postos fiscais da divisa de Sergipe com os estados vizinhos Bahia e Alagoas. O ato será na porta da Secretaria da Fazenda de Sergipe (Sefaz) e dará continuidade a Campanha de Mobilização do Plano de Carreira do Fisco. Logo depois, às 10h, está confirmado o encontro da diretoria do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco) com o secretário da Fazenda, Jefferson Passos.

 

Para o presidente do Sindifisco, Paulo Pedroza, o fechamento dos postos causou estranheza. “Isso demostra a falta de planejamento e compromisso com a arrecadação dos impostos estaduais. Sem estudo técnico e sem justificativa plausível, essa medida anunciada deixa clara a falta de coerência e compromisso do secretário Jefferson Passos”, afirma Pedroza.

 

As unidades que deverão ser desativadas são Posto Fiscal de Cristinápolis (BR 101); Posto Fiscal de Indiaroba (Linha Verde); Posto Fiscal de Tobias Barreto; Posto Fiscal de Simão Dias (divisa com Paripiranga/BA); Posto Fiscal de Curituba/Canindé do São Francisco (divisa com Paulo Afonso/Ba).

A nova mobilização no Fisco foi aprovada na mesma assembleia que decidiu encerrar o movimento grevista para conquistar a reabertura das negociações com a administração estadual. A greve foi deflagrada no dia sete de novembro e terminou no dia 16 de dezembro, 39 dias seguidos. Por falta de habilidade e de proposta concretas às reivindicações do Fisco, a Secretaria da Fazenda continua sem cargos de direção. Os auditores Técnicos de Tributos nível I que detinham cargos de chefia e aderiram ao movimento não retornaram aos cargos. Ao todo foram entregues 79 cargos, o que representa mais de 95% das chefias na estrutura da Sefaz.