ARACAJU/SE, 19 de julho de 2024 , 13:04:30

logoajn1

Brega romântico e forró raiz são destaques da terceira noite de ‘Elas no Comando’ no Arraiá do Povo

 

A terceira noite do projeto ‘Elas no Comando’ ocorreu nesta quinta-feira (20), no Palco Rogério, no Arraiá do Povo, e novamente colocou em evidência o protagonismo feminino. A sonoridade dos shows alternaram entre o forró raiz e mais tradicional da sergipana Thais Nogueira e o brega romântico das pernambucanas Raphaela Santos e Priscila Senna. Por meio do ‘Elas no Comando’, todas as quintas-feiras no Arraiá do Povo 2024 contam com atrações exclusivamente femininas.

Neta de Manezinho de Carira e filha de Erivaldo de Carira, Thais Nogueira abriu a programação da noite com muito forró raiz. “Eu estou muito feliz. Amo o meu estado, amo ser uma das representantes em uma noite só de mulheres. O show vem com músicas de forró, para representar minha família, meu pai Erivaldo de Carira, e vem também muito romance, porque eu sou uma mulher apaixonada e eu trago esse amor todo para o show”, disse a cantora.

Em determinado momento do show, a cantora sergipana jogou flores para o público, e a rondoniense Geice Silva foi uma das que receberam. Em seu segundo Arraiá do Povo, Geice aprovou a iniciativa ‘Elas no Comando’. “Foi a melhor iniciativa que o governo poderia ter tido, porque a gente precisa ter mais espaço para poder mostrar os nossos dons, o que nós podemos fazer. Como a gente sempre diz: o lugar da mulher é onde ela quiser; seja como cantora, seja dançarina, não importa. Para mim, foi muito importante ter essa quinta-feira só das mulheres”, considerou.

A segunda artista a subir ao Palco Rogério foi a cantora Raphaela Santos, que fez sua estreia no Arraiá do Povo neste ano. Um dos principais nomes do brega pernambucano atualmente, ela apresentou em seu repertório sucessos como ‘Quem é o Louco entre Nós?’, além de novas canções que constam no seu novo projeto intitulado ‘Time Line’, lançado no último mês de maio. “Estou trazendo meus sucessos que não posso deixar de cantar. Eu espero que a galera também cante juntinho. Estou muito feliz por estar com essas mulheres maravilhosas, que cantam muito”, declarou a cantora, que durante sua apresentação também prestou uma homenagem à sergipana Paulinha Abelha, que foi vocalista da banda Calcinha Preta.

A jovem Duda Mekss chegou cedo para garantir seu lugar na grade e acompanhar o show de Raphaela de pertinho. Ela destacou que a artista tem sido uma grande inspiração em sua vida. “Eu vim ver a Raphaela, porque eu gosto muito das músicas dela, e também porque eu participei de um concurso e cantei a música dela, ‘Quem é o Louco Entre Nós’, e ganhei muita repercussão, porque viralizou”, afirmou Duda, que pretende seguir a carreira de cantora.

Com quase 20 anos de carreira, a pernambucana Priscila Senna encerrou a terceira noite do ‘Elas no Comando’. A ‘musa’, como ela é conhecida, tem uma relação muito íntima com o povo sergipano, uma vez que a capital do estado, Aracaju, foi escolhida como cenário da gravação do seu último projeto, o ‘Na Rua’. “Quero agradecer a todo mundo que compareceu ao Arraiá do Povo, agradecer pelo carinho de todo mundo. Eu tenho um carinho imenso por Sergipe. Eu estou feliz demais”, afirmou Priscila.

No meio da galera, a assistente administrativa Natalia Urban se identificou exatamente com esse romantismo trazido pela artista. “A gente se identifica muito com a sofrência, porque a mulher é ‘emocionada’, ela se apega, ela sofre de verdade, mas da mesma forma que a gente sofre, a gente também dá a volta por cima. Então a gente está aqui ‘sofrendo’, cantando junto com as cantoras, porque elas são maravilhosas, mas amanhã a gente dá a volta por cima”, disse Natalia, que compareceu ao ‘Elas no Comando’ pela primeira vez nesta quinta e já aprovou a iniciativa.

Fonte: Secom

Você pode querer ler também