Concurso de dança gera polemica em Maruim

Da redação, AJN1

A apresentação de um grupo no 1º concurso Dance Evolution realizado no domingo (10), no ginásio do Sesi em Maruim, provocou uma série de críticas e uma repercussão negativa para o município. A informação é que na coreografia do grupo foram utilizados gestos e movimentos que faziam uma suposta referência a atos sexuais.

Apesar do evento ter sido organizado por um servidor público, a Prefeitura de Maruim não teve qualquer relação com a promoção do concurso, limitando o apoio apenas ao espaço para realização. O evento atraiu dezenas de pessoas, entre crianças, adultos e idosos, situação que gerou um desconforto e constrangimento ao público.

Em entrevista a uma emissora de rádio, o organizador do evento alegou que todos foram pegos de surpresa, pois não se sabia do conteúdo da coreografia que seria apresentado. “A população e todo corpo de jurados foram pegos de surpresa por aquela ação, que a gente também repudia, e que foi punida imediatamente. Realmente é vergonhoso, a gente pede desculpa a toda a população maruinense que viu aquela cena”.

O que seria um evento voltado para arrecadação de alimentos e fomentar a cultura local, acabou tendo um desfecho negativo.

A Prefeitura de Maruim, através da Secretaria Municipal de Gabinete, divulgou nota de repúdio, onde lamenta o ocorrido e esclarece que a administração do município não teve qualquer relação com a organização do evento.

“A Prefeitura de Maruim, em nome do prefeito Gilberto Maynart e, de todos os que fazem sua administração, vem a público esclarecer, que o apoio ao 1º Concurso Dance Evolution, que ocorreu na tarde do domingo (10), no ginásio de esportes do Sesi, foi apenas com o espaço para a realização do evento. Repudiamos veementemente os gestos obscenos, falas e atitudes implícitas e explícitas e pedimos desculpas aos maruinenses por esse infortúnio”.