Corregedor do CNJ participa de audiência pública no TJSE

 

A partir das 16h desta terça-feira (25), o corregedor geral de Justiça, ministro Humberto Martins, participa de uma audiência pública na sala de treinamento da Escola Judicial do Estado de Sergipe (Ejuse), no 7º andar do Anexo Administrativo II do Palácio da Justiça, localizado na praça Fausto Cardoso, no Centro de Aracaju. A ação faz parte da inspeção que o CNJ realiza no Judiciário sergipano. Desde às 8h que está acontecendo o atendimento ao público.

Na ocasião, os cidadãos terão a oportunidade de apresentar queixas ou informações à equipe do CNJ. “Todos aqueles que se inscreverem serão atendidos. Queremos saber o que a sociedade acha de positivo, espera que melhore, o que quer junto ao Poder Judiciário”, enfatizou o ministro.

A abertura oficial aconteceu no Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), com a presença do Corregedor Nacional de Justiça. Durante a solenidade, o ministro Humberto Martins falou sobre a importância da inspeção e disse que o objetivo da visita não é meramente correcional e que o Poder Judiciário precisa ouvir os anseios da população.

“Estamos com uma missão, que é o planejamento estratégico do Poder Judiciário. Ou seja, nossa missão não é exclusivamente correcional. É uma missão de planejar o Judiciário, levando-o a uma prestação mais rápida, produtiva e de qualidade, dando respostas com brevidade aos anseios do jurisdicionado”, ressaltou o ministro, lembrando que a última inspeção no TJSE foi em 2016 e, agora, o CNJ vai verificar, entre outras coisas, se todas recomendações foram atendidas.

A inspeção do CNJ no TJSE – em diversos setores judiciais e administrativos – acontece até próxima sexta-feira (28). As deficiências, boas práticas e recomendações serão inseridas em um relatório, que brevemente será publicado no site do CNJ.

“De acordo com a política instituída pelo ministro Humberto Martins, essa visita vai nos trazer grandes avanços porque ele já deixou bem claro que a função primordial do CNJ é de orientação administrativa”, comentou o presidente do TJSE, desembargador Cesário Siqueira Neto.

Compõem a equipe do Conselho responsável pelos trabalhos de inspeção, a conselheira do CNJ Daldice Maria Santana de Almeida; os juízes Marcio Luiz Coelho de Freitas, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região; Kelly Cristina Oliveira Costa, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região; e Jorsenildo Dourado do Nascimento, do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas; além dos assessores Daniel Martins Ferreira, Marcio Barbosa Luciano, Márcia Hoffmann e Thaíssa Matos.

*Com informações da Agência TJSE