ARACAJU/SE, 19 de julho de 2024 , 12:55:06

logoajn1

Em junho, custo da cesta básica em Aracaju diminuiu 3,04%

 

Em junho, Aracaju teve o menor custo médio da cesta básica entre as capitais pesquisadas, totalizando R$ 561,96, conforme revela a Pesquisa Nacional da Cesta Básica realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Comparado a junho do ano anterior, houve uma queda de 0,91% no preço da cesta básica. Em relação ao mês anterior, maio de 2024, o custo dos alimentos essenciais diminuiu 3,04%. No acumulado do ano até junho, o preço da cesta básica aumentou 8,64%.

No mês analisado, sete capitais apresentaram redução no preço da cesta básica em comparação a maio de 2024, destacando-se Natal (-6,38%), Recife (-5,75%) e João Pessoa (-3,76%). As demais capitais registraram aumento no preço, sendo as maiores altas no Rio de Janeiro (+2,22%), Florianópolis (+1,88%) e Curitiba (+1,81%).

Em comparação a junho de 2023, Rio de Janeiro (+9,90%), Curitiba (+7,66%) e Brasília (+7,51%) foram as capitais com as maiores elevações no custo da cesta básica. Por outro lado, Recife (-6,16%), Natal (-5,22%), João Pessoa (-1,25%) e Aracaju (-0,91%) registraram redução no preço.

São Paulo foi a capital com o maior custo da cesta básica em junho de 2024, totalizando R$ 832,69, seguida por Florianópolis (R$ 816,06) e Rio de Janeiro (R$ 814,38). As capitais com os menores custos foram Aracaju (R$ 561,96), Recife (R$ 582,90) e João Pessoa (R$ 597,32).

Aracaju se destacou nacionalmente pela redução de preços do óleo de soja (-0,77%) e pela maior diminuição no preço do quilo da carne bovina de primeira (-2,24%), em comparação a maio de 2024.

*Com informações NIE/FIES

Você pode querer ler também