Ex-delegado comissionado da PC morre de infarto

 

Da redação, AJN1

O corpo do advogado e superintendente do Consorcio Público do Agreste Central Sergipano (CPAC,) Caio Marcelo Valença, 47, que morreu na noite desta segunda-feira (18) vítima de infarto, está será cremado no município baiano de Alagoinhas. O velório aconteceu na residência da família em Ribeirópolis.

A informação é que o advogado passeava de bicicleta na companhia do filho em Ribeirópolis e, próximo de casa, passou mal e caiu. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e chegou a prestar socorro, mas Caio Marcelo teria tido um infarto fulminante e não resistiu.

Caio Marcelo é irmão do defensor público Jorge Valença. Ele é ex-delegado comissionada da Polícia Civil de Sergipe com passagens por delegacias de municípios do interior a exemplo de Tobias Barreto. O advogado também trabalhou na 3ª e 2ª Delegacias Metropolitanas de Aracaju.