Marinha celebra 156 anos da Batalha Naval do Riachuelo

Nesta sexta-feira (11), a Marinha do Brasil comemora os 156 anos da Batalha Naval do Riachuelo – Data Magna da Marinha. Considerada pelos historiadores como um a batalha decisiva na Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), a Batalha Naval ocorreu na manhã do dia 11 de junho de 1865, na foz do Riachuelo, afluente do Rio Paraná. 

No comando da Força Naval, estava o Almirante Joaquim Marques Lisboa, o Visconde de Tamandaré, incumbido de apoiar as tropas aliadas e efetuar o bloqueio dos Rios Paraguai e Paraná, visando impedir o inimigo de receber armamentos e suprimentos. Naquele episódio, a Esquadra Brasileira, liderada pelo Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva, travou uma intensa luta contra as forças oponentes, mesmo diante das dificuldades na navegação. A resistência brasileira foi heroica. 

Até aquela data, as forças da Tríplice Aliança não detinham a iniciativa na guerra. Com a vitória naquela batalha, o Brasil assumiu o protagonismo no conflito, bloqueando a navegação adversária, possibilitando aos aliados o acesso aos rios que formavam as principais artérias do teatro de operações de guerra e comprometendo o fluxo logístico do oponente, sendo uma conquista cabal para o fim do conflito. Riachuelo representou a primeira grande vitória da Tríplice Aliança no maior conflito armado já ocorrido na América do Sul, sendo até hoje bastante lembrado e justamente comemorado. 

Solenidade

A Capitania dos Portos de Sergipe realizará uma Cerimônia Militar, no dia 11 de junho, às 10h, em sua sede, localizada na Av. Ivo do Prado, 752, bairro São José, em Aracaju. Na ocasião, o Comandante do 2º Distrito Naval Vice-Almirante Humberto Caldas da Silveira Junior fará a imposição da Medalha da Ordem do Mérito Naval ao Governador do Estado Belivaldo Chagas, pelos relevantes serviços prestados à Marinha do Brasil.