Mercados de Aracaju recebem novas balanças para conferência do consumidor

A Prefeitura de Aracaju, através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), e em parceria com o Procon Municipal, inaugurou na tarde desta quarta-feira (23), as balanças para conferência do consumidor. A solenidade foi realizada no Mercado Albano Franco, mas serão instaladas outras balanças nos mercados do Augusto Franco, Bugio e bairro América.

 

A intenção da implantação das balanças é dar mais segurança ao consumidor quanto ao peso dos produtos. "O principal objetivo foi atender uma solicitação dos consumidores e também dos feirantes que faziam diretamente aos fiscais da Emsurb, diretamente a diretoria, foi uma cobrança muito forte e nós aceitamos as solicitações e realizamos", explica o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), João Paulo Sobral.

 

"O pedido era que tivesse uma balança aferida pelo Inmetro sem ser do próprio comerciante para que os consumidores pudessem conferir suas mercadorias. O intuito disso é que o consumidor do mercado confira realmente aquele peso que ele está comprando, tudo aqui é geralmente fracionado então eles compram, fracionam e vêm conferir o seu peso", destaca o presidente.

 

O diretor de Espaços Públicos da Emsurb, Luiz Carlos (Branca de Neve), enfatiza que o papel da Prefeitura é dar segurança ao consumidor. "No mercado teremos duas balanças, uma que atende setores de peixes e carnes e a que atende os hortifrutigranjeiros. Não é desconfiando dos comerciantes do Mercado, já que entendemos que todos têm índole perfeita, porém na sociedade a gente precisa ter o controle e a prefeitura precisa fazer o seu papel. O papel da prefeitura é fazer com que a população se sinta segura na questão da aferição do peso daquilo que ele está levando, porque ao comprar o produto as pessoas precisam ter a certeza de que está levando o quilo correto", diz Branca de Neve.

 

Aprovação da população

 

A aposentada Miriam Bezerra da Silva costuma fazer compras no Mercado e aprovou a implantação das balanças. "Eu acho uma ótima iniciativa, isso é muito bom, pois a gente vai conferir o peso das nossas compras, se está tudo certo. Acho ótimo, uma boa ideia. E vou passar a ir sempre ali conferir os pesos das minhas compras", disse a aposentada.

 

Já a cozinheira Sheila Santana dos Santos disse que costuma perguntar se a balança está correta, agora irá utilizar as balanças implantadas. "Acho correto, é bom porque pelo menos o consumidor está conferindo o que comprou ao feirante. Acho sim uma boa iniciativa, estamos comprando uma coisa que estamos tendo certeza que os pesos das balanças estão corretos. Eu sempre pergunto se o peso está certo, agora vou vir sempre conferir na balança do consumidor".

 

 

 

Fonte: PMA