ARACAJU/SE, 22 de julho de 2024 , 15:20:48

logoajn1

Motoristas reclamam dos ambulantes na avenida Carlos Firpo

Por Aline Bittencourt/CS

 

Seja dirigindo ou andando, circular pela Avenida Doutor Carlos Firpo, no Centro de Aracaju, é sinônimo de transtorno. Isso porque, na altura do antigo prédio do INSS, toda a extensão da calçada é ocupada por ambulantes. A cada dia fica mais complicado o fluxo pela localidade. Os comerciantes irregulares já até invadiram um pedaço da rua, o que acaba dificultando a passagem dos veículos. O resultado, é um enorme congestionamento e muita impaciência por parte dos motoristas que fazem filas duplas.

Há também outra problemática. No mesmo sentido da via, há por toda a extensão os pontos de lotação. Então, na mesma avenida há ambulantes invadindo a pista e carros de lotação parados. O que sobra? Um pequeno espaço para circulação tanto de veículos e quanto de pedestres.

A situação gera insatisfação daqueles que precisam passar pelo local. A recepcionista e estudante de Administração, Paula Moura, que trabalha no Centro e diariamente circula pela avenida diz que “não tem como caminhar pela calçada. Tem comerciante vendendo tudo que é possível. A gente acaba tendo que passar pela rua, disputando espaço com os carros”, conta.

O problema também é causa de reclamação do gerente de loja Cássio Oliveira Santos. Para ele, “é um absurdo isso aqui. Quem estiver atrasado e passar por aqui só vai ter transtorno. Além dos carros em filas duplas, tem o fato de a gente ter cuidado para não atropelar ninguém. Não vai demorar muito e os ambulantes vão tomar a pista toda”, declara o motorista.

Sinalização

Neste trecho onde os ambulantes ocupam, não há sinalização. Além da reivindicação dos condutores e pedestres para que haja um controle desses comerciantes ilegais, eles pedem uma maior fiscalização no local.

Emsurb

A assessoria de comunicação da Emsurb, por sua vez, explicou que Aracaju tem um projeto de revitalização do Centro. “Esse projeto inclui a Emsurb, SMTT e Guarda Municipal. A Prefeitura tem conhecimento da grande quantidade de ambulantes nesta avenida, assim como em outras ruas do Centro da cidade. Agora que passou as festas de São João, vamos voltar a estudar um plano para uma nova ação no local, que inclusive, já há fiscalização diária”, informa a assessoria.

 

Foto: Diógenes Di/CS

Você pode querer ler também