Prefeito verifica instalação de barracas da ‘Feira do Centro’

Dando continuidade ao processo de revitalização do Centro de Aracaju e acomodação dos feirantes e ambulantes da região do terminal governador Luiz Garcia – rodoviária velha -, o prefeito João Alves Filho, e o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), João Paulo Sobral, estiveram conferindo na manhã deste domingo (21), a segunda parte da instalação da estrutura que abrigará mais de 80 comerciantes na localidade.

 

“O trabalho visa beneficiar os feirantes, que estavam desabrigados, e principalmente os clientes, que terão uma melhor estrutura para as compras, livres do sol e da chuva. Nossa preocupação não foi apenas com a questão estética do centro de Aracaju, mas também nos preocupamos em entregar um espaço com funcionalidade para facilitar o trabalho desses cidadãos”, enfatizou João Alves Filho.

 

Desde o dia 31 de janeiro que vem acontecendo modificações consideráveis para os comerciantes que trabalham nas imediações do antigo INSS. Agora eles terão, ao longo da avenida 7 de Setembro, estrutura para a negociação os seus produtos. “Na primeira etapa relocamos 80 feirantes e neste domingo mais 80 trabalhadores receberam nova estrutura de trabalho. Este foi um pedido feito pelo prefeito João Alves Filhos e pela primeira-dama, dona Maria do Carmo, que solicitaram que esses trabalhadores tivessem um espaço de trabalho digno de suas necessidades enquanto comerciantes", disse o presidente da Emsurb, João Paulo Sobral.

 

O presidente da Emsurb explicou que após a analise de física do local, foi possível relocar os comerciantes, gratuitamente, numa área adequada e perto da clientela. "Nossa preocupação era não afastar essas pessoas de seus compradores”, explicou João Paulo Sobral, acrescentando que  foi realizado o cadastramento dos comerciantes da região com o propósito de contemplar os que verdadeiramente trabalham na região central da Capital.

 

Aprovação

 

Para o comerciante José Erisvaldo dos Santos, a mudança foi bastante positiva do ponto de vista de acomodação. “Trabalho há 25 anos como feirante, destes seis aqui no Centro, e agora estou mais tranquilo quanto ao espaço para vender minhas frutas. Estamos num local mais organizado, o que certamente atrairá mais clientes para nossas barracas. Agora que possuo um espaço só meu, pretendo doar meu carrinho de madeira”.

 

A mesma sensação teve a comerciante, Maria do Socorro Conceição dos Santos. “Estou mais satisfeita com esse novo endereço. Não precisamos mais perambular lutando por espaço para vender nossos produtos. Tenho minha barraca, meu próprio local, para comercializar com maior comodidade. Me sinto satisfeita em ver que essa estrutura, com limpeza e organização, facilitará nosso trabalho de agora em diante”.

 

A decisão da mudança de local para os feirantes e ambulantes do Centro trará benefícios diretos para o fluxo do trânsito na região. Assim, toda essa revitalização vem contando também com o respaldo da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) na relocação dos comerciantes.