ARACAJU/SE, 18 de julho de 2024 , 9:05:57

logoajn1

Projeto Verão 2024 em Aracaju: Plano Operacional é detalhado

 

A partir desta sexta-feira, 1° de março, a Orla da Atalaia, assim como a Orla Pôr do Sol, serão palcos de mais uma edição do Projeto Verão. O evento segue até domingo (3), com uma programação vasta com atrações musicais, Arena Criativa, práticas esportivas e muito mais. Para garantir que a festa ocorra com segurança e conforto para todos, a Prefeitura de Aracaju e o Governo de Sergipe apresentaram nessa quinta-feira (29), no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos, o Plano Operacional para a realização do evento.

Estão envolvidas as secretarias municipais da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), da Assistência Social, da Saúde (SMS), bem como a Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) e a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). Além disso, o Governo de Sergipe, parceiro na realização do evento, atua com o trabalho do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBM/SE), das polícias Militar e Civil, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da Polícia Penal e da Secretaria de Estado da Justiça e de Defesa do Consumidor (Sejuc)

“A Semdec faz um processo de integração entre os órgãos do governo do estado e da prefeitura no tocante à segurança. Estaremos com 250 guardas municipais trabalhando na parte de praia, como também com a Polícia Militar, com UTVs e Cavalarias, fazendo toda a segurança do perímetro, junto ao Corpo de Bombeiros, que atuará tanto a parte de prevenção de salvamento aquático, como também a parte de prevenção contra incêndio e pânico, com viaturas e também de lanchas e moto aquáticas. Contratamos também vigilância desarmada para fazer a segurança dos equipamentos e todas as estruturas que estão montadas no local, além de bombeiros civis. Com a Defesa Civil, fazemos o acompanhamento do cronograma de execução da montagem das estruturas, recolhendo os projetos e anotações de responsabilidade técnica e acompanhando para que tudo seja cumprido fielmente por todos os fornecedores”, detalhou o secretário da Semdec, tenente-coronel Silvio Prado.

Segurança

As forças de segurança do Estado de Sergipe irão atuar de maneira integrada com a Guarda Municipal de Aracaju (GMA), que montou operação com 250 guardiões, empregados diariamente, distribuídos no policiamento do perímetro da festa, por meio de patrulhas itinerantes, elevados de observação e viaturas dispostas de forma estratégica na faixa de areia próxima aos palcos, além de videomonitoramento com câmeras fixas, com tecnologia de reconhecimento facial, e drones.

Haverá reforço do policiamento preventivo da região periférica e terminais de integração, e o emprego de cães farejadores e de guarda que serão utilizados em horários pré-determinados, principalmente na faixa de areia e região dos bares.

“Os guardiões estarão distribuídos em toda a arena do evento, através de elevados, através de patrulhas. Estaremos trabalhando também com o nosso drone, fazendo monitoramento no entorno do evento, além do videomonitoramento instalado, com a detecção facial, com a nossa base móvel de videomonitoramento. E, além disso, vamos intensificar nossas ações nos terminais de integração”, contou o comandante-geral da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), subinspetor 2ª classe Fernando Mendonça.

A Polícia Militar também dedica uma atenção especial para o evento, e a partir de um planejamento de atuação estratégico será dada ênfase na parte periférica do Projeto Verão, como também na faixa de areia, como explicou o comandante operacional do Comando de Policiamento Militar da Capital, tenente-coronel Thiago Costa. “Teremos especial atenção também nas atividades que ocorrem na Orla da Atalaia e na Orla Pôr do Sol, na parte esportiva, nas areias da Praia da Atalaia e na alteração no fluxo de trânsito, além das unidades que fazem o policiamento ordinário. A gente reforçou através de policiamento extraordinário também. Será uma média de 170 homens diariamente durante os três dias de festa”, disse.

A Polícia Civil de Sergipe também atuará durante os três dias da festa de modo a garantir a segurança do evento. De acordo com a coordenadora operacional da Polícia Civil, delegada Nalile Bispo de Castro, foi montada uma estrutura plantonista na Delegacia de Turismo, situada na Orla da Atalaia.

“O plantão ininterrupto com a equipe será capaz de atender qualquer tipo de procedimento de polícia judiciária, lavratura de prisões, de auto de prisão em flagrante, situações relacionadas a adolescentes em conflito com a lei, grupos vulneráveis, o atendimento da população com acolhimento, a lavratura de BOs. Todo tipo de trabalho de unidade plantonista será feito. Além disso, estaremos também num trabalho integrado em relação ao monitoramento, com todos os grupos, com a Guarda Municipal, a Polícia Militar, tudo para garantir a segurança do folião”, destacou.

Também presente nos três dias do Projeto Verão, o Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) atuará tendo em vista a dinâmica proporcionada pelo evento, que conta com atividades no mar, na faixa de areia, além do calçadão da Praia da Cinelândia, sem contar com os shows que serão realizados no período noturno. Para isso, a chefe operacional do Corpo de Bombeiros, coronel Maria Souza, reiterou a importância da parceria histórica da corporação com a Prefeitura na realização desse tipo de evento.

“O governo do estado, por meio da Secretaria da Segurança Pública e do Corpo de Bombeiros, junto com a prefeitura, sempre foi parceiro nesses eventos. Em diversos projetos atuamos juntos, fortalecendo o esquema de segurança tanto no tocante a área do Corpo de Bombeiros como os demais aparatos, que são necessários essa parceria já vem sendo desenvolvida em vários projetos, como foi o Réveillon e agora no Projeto Verão Aracaju, que novamente será um sucesso”, contou.

A Secretaria de Justiça e da Defesa do Consumidor (Sejuc) vai se somar às ações de segurança, ofertando serviços de disponibilização de banco de dados de foragidos da Justiça, que possibilita a identificação de pessoas com mandados de prisão, para o uso do sistema de videomonitoramento, além da instalação de zonas de monitoração pela Central de Monitoramento Eletrônico de Presos (Cemep).

Trânsito

Cerca de 60 agentes de trânsito da SMTT atuarão no evento, em pontos de bloqueio montados na região da Avenida Santos Dumont, na Orla da Atalaia, e também no monitoramento do trânsito nas imediações do evento. Na sexta-feira, 1º de março, a partir das 8h, o trânsito na Avenida Santos Dumont, no sentido norte (praias/Centro), da rotatória do antigo Hotel Parque dos Coqueiros até o posto do Corpo de Bombeiros, no início da Passarela do Caranguejo, ficará bloqueado.

A circulação de veículos será liberada apenas no início da manhã da segunda-feira (4). O trânsito será desviado, nos três dias, pela Rua Clóvis Rollemberg. O bloqueio da Avenida Santos Dumont, no sentido sul (Centro/praias), nos três dias de evento (sexta, sábado e domingo), acontece das 16h às 5h, a partir da Passarela do Caranguejo. Os veículos serão desviados pela Rua François Hoald, na Atalaia.

Para as pessoas que quiserem se deslocar de táxi, será montado um ponto entre as ruas Lions Club e François Hoald, atrás da Passarela do Caranguejo. Para quem preferir utilizar o transporte público para chegar e retornar do evento, o terminal Zona Sul (Atalaia) irá funcionar normalmente até a 0h, retomando a operação às 4h, com as linhas de ônibus habituais do sistema. Por conta dos bloqueios no trânsito na Santos Dumont, durante os três dias de evento, a linha 600 CP1 – Circular Praias 01, terá seu itinerário alterado. A linha sairá do terminal Zona Sul (Atalaia), seguindo pela Rua Juiz Moacir Sobral, Rua Arício Guimarães Fortes, Rua Dep. Clóvis Rollemberg, Avenida Melício Machado, retornando e seguindo pela Rodovia Inácio Barbosa, retornando e seguindo pela Rua João Dias Moraes (Lot. Aruana) e Avenida Inácio Barbosa.

“A partir da sexta-feira (1º), a parte da Cinelândia será bloqueada para finalizar a montagem da estrutura da parte esportiva e também para a locação dos ambulantes. Esse trecho só será desbloqueado após a dispersão do público, no último dia de evento, na segunda-feira (4), após o encerramento das atividades artísticas. Todos os dias, o bloqueio da Passarela do Caranguejo no sentido praias será das 16h às 5h, ou seja, ele será desfeito após o encerramento do evento. Os agentes de trânsito sempre estarão presentes para fazer orientar os condutores”, esclareceu o diretor de trânsito da SMTT, Thiago Alcântara.

Limpeza

Durante o evento, ambulantes credenciados estarão comercializando produtos no espaço da festa, sendo os seguintes segmentos: bebidas em isopor (100), diversos (20), drinks, capetas e bebidas (30), towner (12), veículo food truck (8) e bares (6). Ficam proibidos a venda e o fornecimento de bebidas em recipientes de vidro (garrafas, copos e vasilhames), sejam elas alcoólicas ou não. Uma equipe composta de 45 pessoas atuará nos três turnos, na fiscalização visando o ordenamento de todo comércio ambulante. Serão fiscalizados comerciantes da Orla da Atalaia, Pôr do Sol, faixa de areia e ambulantes autorizados.

Cada comerciante sorteado ficará condicionado à colocação de cinco mesas com cadeiras no local delimitado. Orientações serão passadas aos permissionários no Calçadão das Orlas, food trucks e similares, dentre elas a utilização dos espaços públicos nos dias do evento.

Para o monitoramento das peças e monumentos instalados na Orla, a empresa municipal contará com o apoio da GMA e da PM/SE. A Empresa Municipal de Serviços Urbanos executa, desde a segunda quinzena de fevereiro, a limpeza das áreas adjacentes ao evento realizando serviços de capinação, pintura de guias, roçagem manual e mecanizada.

Nos dias 1º, 2, 3 e pós-evento, a empresa municipal disponibilizará para os trabalhos operacionais 15 equipes de limpeza (165 agentes), a partir das 5h30, e 30 agentes ficarão no repasse das 14h às 22h20. Para o suporte no recolhimento e acondicionamento do lixo serão utilizados maquinários, tais como saneadora de praia, uma pá carregadeira e dois caminhões compactadores, a partir das 5h30. Além disso, também serão disponibilizados dois caminhões-pipa para o suporte às atividades esportivas e lavagem dos espaços do estacionamento da Praia da Cinelândia e Calçadão da Orla.

Para o descarte adequado de resíduos por parte do público, serão disponibilizados uma caixa estacionária com capacidade de 30 m³ (nas proximidades do palco), uma caixa de 5 m³ (na Praça de Alimentação da Cinelândia), dois Pontos de Entrega Voluntária (PEVs), além de 120 contêineres instalados em formato de ilhas. Esses contêineres serão distribuídos no perímetro que compreende faixa de areia, camarins, palco, praça de alimentação, camarotes de acessibilidade e estruturas de diversos órgãos. A expectativa é recolher cerca de 40 toneladas de resíduos durante os três dias de evento.

“Todas as atividades inerentes à Emurb já foram tratadas, desde o cadastramento dos ambulantes, sorteio, entrega de crachás. Agora vem a disposição na avenida, no dia 1º, e as pessoas sorteadas já estarão lá devidamente instaladas. A prévia da limpeza em todo o perímetro da festa já foi iniciada antes do evento, durante e após ele, logo cedinho, para que a gente possa ofertar os serviços de limpeza, deixar toda a área contemplada com essa atividade que a gente faz tão bem, que é a limpeza do espaço público durante a realização de grandes festas na cidade”, explicou o presidente da Emsurb, Bruno Moraes.

Saúde

A SMS atuará no Projeto Verão 2024 por meio da Vigilância Epidemiológica, da Vigilância Sanitária e do Posto Médico. Ao todo, 43 profissionais atuarão no evento, que contará com o suporte do Samu. A Vigilância Epidemiológica fará a distribuição de preservativos e insumos e a orientação sobre prevenção combinada nos três dias da programação, sempre das 17h às 23h. Durante o evento, serão distribuídos mais de 21 mil preservativos masculinos, mais de 1,5 mil preservativos femininos e aproximadamente 9,5 mil unidades de gel lubrificante.

A Vigilância Sanitária e Ambiental de Aracaju (Visa) fiscalizará e promoverá a segurança dos alimentos que serão ofertados nos três dias do evento, salvaguardando os aspectos sanitários e a saúde da população que ali estiver contemplando a festa. Serão inspecionados os alimentos, bebidas, gelos e, também, a atuação dos vendedores ambulantes. Durante as inspeções, serão verificadas as condições sanitárias, ou seja, se os alimentos estão bem acondicionados, se o gelo está sem risco de contaminação, e se as pessoas que manipulam os alimentos estão usando equipamentos de proteção individual. Tudo isso para evitar que a população corra riscos ao consumir os produtos.

Já o Posto Médico oferecerá atendimento com acolhimento, onde o paciente será atendido de acordo com o perfil do seu quadro clínico. Serão ofertados serviços de baixa e média complexidade, sutura de pequenas lesões e, em casos mais graves, os pacientes serão estabilizados e regulados aos hospitais municipais que servirão como retaguarda. O Posto Médico contará com dez leitos, sendo dois de estabilização, seis poltronas para medicação e funcionará das 19h às 4h, na sexta-feira e sábado, 1º e 2; e das 19h às 3h no domingo (3). No total, 24 profissionais da saúde atuarão, por noite, na unidade, sendo três gestores, três médicos, três enfermeiros, nove técnicos de enfermagem, dois profissionais de serviços gerais, dois seguranças desarmados e dois motoristas.

“É extremamente importante a Saúde sempre estar participando desses eventos. São eventos com muita gente, com uma quantidade muito significativa de pessoas e que pode acontecer qualquer tipo de situação. Durante o Projeto Verão, estarão presentes serviços voltados para a parte de prevenção das pessoas, atuação da Vigilância Sanitária, fazendo orientação de ambulantes na venda de alimentos e de bebidas. Teremos a equipe do posto médico, uma equipe que vai estar lá preparada para atuar em parceria com o Samu e de retaguarda dos nossos hospitais municipais e também a rede particular. Tudo feito para garantir que a população possa ir ao evento, brincar e aproveitar, pois estamos preparados e disponíveis para atender a população”, contou a secretária da Saúde, Waneska Barboza.

Assistência Social

A Secretaria Municipal da Assistência Social atuará com cerca de 60 profissionais, entre equipe de apoio do Camarote da Acessibilidade, técnicos do Serviço Especializado de Abordagem Social, e contará com o apoio do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPCD) e Conselho Tutelar e equipe de Atendimento à Mulher, com o Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cram).

O Camarote da Acessibilidade, instalado em um novo local, terá capacidade para 80 pessoas por dia, entre 40 PCDs e 40 acompanhantes. Para acessar, basta se dirigir ao espaço e apresentar documento que comprove a deficiência. Instalado a 50 metros do palco principal, o espaço contará com equipe de apoio de cerca de oito profissionais por dia, entre técnicos da Assistência Social e do CMDPCD, QUE estarão dando suporte no acesso ao camarote pela areia da praia e no entorno para demais necessidades. O camarote conta com rampa de acesso, piso tátil de alerta, cadeiras, dois banheiros exclusivos e adaptados, além de Guarda Municipal disponível nas três noites de evento, garantindo a segurança dos brincantes.

A Abordagem Social atuará com cerca de dez profissionais por dia, que farão a identificação de violações de direitos humanos, notificações e encaminhamentos para toda rede de proteção. Entre as principais violações que podem ser identificadas estão trabalho infantil, negligência, violência contra a mulher, racismo, racismo religioso, LGBTQIfobia, entre outros. Para denúncias, encaminhamentos dos órgãos de segurança e saúde, e demais orientações durante o evento, a abordagem social disponibiliza o telefone (79) 98102-5822.

No que se refere a situações de trabalho infantil ou de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, a interlocução e articulação é realizada no local com o Conselho Tutelar, que atuará com seis conselheiros por noite, sendo um conselheiro por distrito, na defesa dos direitos de crianças e adolescentes na festa. O Cram estará com quatro profissionais por noite, atuando em parceria com a Patrulha Maria da Penha, promovendo a conscientização de enfrentamento à violência contra a mulher com a campanha “Não é não”, bem como realizando acolhimento e encaminhamentos necessários caso haja registros de violência contra a mulher no entorno da festa.

“Teremos mais de 60 profissionais envolvidos durante todo o evento. A gente vai ter as atividades da abordagem social, Camarote da Acessibilidade, que avançou 50 metros desde o Réveillon, para dentro da festa, um grande avanço para a política de inclusão. E teremos também o apoio do Conselho Tutelar, identificando as demandas em relação a crianças e adolescentes. Teremos também a equipe do Cram, para caso alguma mulher se sinta violentada. Tudo para que todos possam aproveitar a festa”, ressaltou a secretária da Assistência Social, Simone Santana.

Você pode querer ler também