ARACAJU/SE, 20 de julho de 2024 , 0:09:15

logoajn1

Secretaria de Estado da Saúde confirma novo caso de infecção pela bactéria KPC

Por AJN1

 

A bactéria multirresistente Klebsiella pneumoniae (KPC) voltou a aparecer na UTI adulto do hospital João Alves. Segundo último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), foi confirmada a presença da bactéria na UTI 1, considerada até então livre de KPC e admitindo pacientes novos desde o dia 16 de junho. Em 9 de julho, ainda conforme a SES, ocorreu um novo caso de infecção pela KPC.

Depois da confirmação da KPC, a SES iniciou uma nova etapa de ações de contenção. Até esta sexta-feira (17), de acordo com números da Secretaria, o total de óbitos de pacientes infectados pela bactéria chegou a seis. Já o número de mortes de pacientes colonizados está em nove, totalizando 15 mortes decorrentes da superbactéria.

Neste momento, são 28 pacientes colonizados e 10 com infecção devido à bactéria. Em nota, a SES disse estar tomando algumas medidas para conter a KPC e anular a exposição de outros pacientes na UTI-1.

UTI-2

Em Contrapartida, a UTI-2 da unidade de saúde foi autorizada para entrada de pacientes. Segundo nota da SES, oito pacientes KPC colonizados, que estavam na UTI-2, foram transferidos para a Unidade de Contenção e acomodados nas enfermarias A e B e assistidos pelo RH próprio da UTI-2.

Culturas de vigilância

No intuito de fortificar a segurança dos pacientes, a SES realiza culturas de vigilância semanais em todos os pacientes da UTI-1 e UTI-2, Unidade de Contenção e para as novas admissões.

“É crucial para permitir a operacionalização de todas as medidas apontadas acima e garantir a contenção e da disseminação atual da KPC e a prevenção de outras bactérias multirresistentes que continuarão a emergir e nos ameaçar”, conclui a nota, assinada pela infectologista Iza Maria Fraga Lobo.

 

Foto: Lindivaldo Ribeiro/CS

Você pode querer ler também