ARACAJU/SE, 24 de abril de 2024 , 19:43:44

logoajn1

“Fisco Presente” contabiliza mais de 20 irregularidades

Da redação, AJN1

 

Na manhã desta quarta-feira (15), a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) realizou a primeira edição da operação “Fisco Presente”, que objetiva impedir a sonegação fiscal, através da ampliação de métodos fiscalizatórios. A ação aconteceu nos entroncamentos de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros.

 

Durante a operação, foram registradas cerca de 20 situações de irregularidades, a principal foi o transporte de mercadoria sem nota. Entre elas, a aprensão de uma tonelada de queijo, que também estava com o prazo de validade vencido. As mercadorias apreendidas foram levadas para o posto fiscal Osvaldo Nabuco.

 

De acordo com o assessor de Comunicação da Sefaz, Elber Andrade, as apreensões foram variadas. “Apreendemos caminhões carregado com minérios, blocos de construção, uma tonelada de queijo vencido, mas também apreendemos tecido sem nota em carro de passeio. Os fiscais pararam todos os tipos de veículos que estavam fazendo o transporte de cargas”, revela.

 

Para dar suporte aos fiscais, três estruturas de apoio, uma base operacional móvel, 14 viaturas e cerca de 30 auditores foram utilizados no trabalho. 

 

Campeã

 

Segundo Elber, a falta de nota fiscal de mercadoria é a campeã de ocorrências da Sefaz. “Vemos de tudo. O que é mais corriqueiro é a ausência de nota das mercadorias. Boa parte dos flagrantes foi em veículos de carga contratados apenas para o transporte da mercadoria, mas também houve apreensão de carros de passeio com mercadoria para revenda sem nota”, diz.

 

 

Você pode querer ler também